Sindicalista diz que situação do setor têxtil é crítica e não vê boas perspectivas para 2016

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

textil_tear
A crise econômica que o Brasil enfrenta continua gerando grandes dificuldades para empresários e trabalhadores de todos os setores produtivos. Algumas áreas vêm sendo drasticamente afetadas pela recessão econômica.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Há muitos anos o setor têxtil, um dos mais fortes da economia de Pará de Minas e região, vem registrando baixas. As indústrias chegaram a empregar mais de quatro mil funcionários em décadas passadas.

Atualmente as fábricas contam com um quadro reduzido de colaboradores e se a situação continua a tendência é se agravar. Para Neuler Ribeiro, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fiação e Tecelagem de Pará de Minas, no ano de 2015 não houve o que comemorar:

Neuler Ribeiro
neurib_txtl1

neurib_txtl
O sindicalista revela que há muitos anos o setor têxtil de Pará de Minas vem sendo mantido por apenas três indústrias. Neuler Ribeiro afirma que assim como acontece todos os anos, os empresários deverão conceder licença remunerada ou férias coletivas em dezembro:

Neuler Ribeiro
neurib_txtl2

O líder sindical disse ainda que os produtos da China continuam competindo com as fábricas brasileiras e trazendo grandes prejuízos. Neuler Ribeiro disse também que alguns empresários estão investindo na produção de panos de chão e de prato que estão com uma boa demanda:

Neuler Ribeiro
neurib_txtl3

Outro fator que contribuiu para o aumento das demissões foi à modernização do processo produtivo com a implantação de maquinários de última geração, acelerando a produção e dando mais qualidade ao produto final.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!