Parceria entre Saúde e Rotary Club viabiliza 125 testes para COVID-19; aplicação será em idosos da Cidade Ozanam

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A realização de testes rápidos ou laboratoriais para detecção da COVID-19 é um dos principais desafios para todos os países. É que diagnosticar mais pessoas, ajuda aos estados e municípios a dimensionar o tamanho do problema e criar novas ações para diminuir a propagação do vírus, além de conseguir tratar mais pacientes e evitar a contaminação.

Em Pará de Minas, a Secretaria Municipal de Saúde conseguiu adquirir alguns testes rápidos para diagnosticar profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate, e recebeu outros lotes de testes para diagnóstico de pacientes em geral.

Na última semana, a Secretaria firmou parceria com o Rotary Club de Carmo do Cajuru, através do Rotary de Pará de Minas, e nos próximos dias 125 testes chegam para serem realizados nos residentes da Cidade Ozanam.

Nos idosos serão feitos o teste swab, onde um cotonete é introduzido nas narinas e levado para laboratório, como explica o secretário Wagner Magesty:


Wagner Magesty
wagnermagnovostestswab1

Wagner Magesty deixa claro que nenhum idoso morador da Cidade Ozanam está com sintomas da doença, e a medida é preventiva, já que a maioria dos óbitos é registrada em pessoas acima de 60 anos:

Wagner Magesty
wagnermagnovostestswab2

No final de maio, 12 dos 50 moradores da Vila Vicentina, o lar de idosos de Carmo do Cajuru, testaram positivo para COVID-19. Um idoso de 88 anos morreu em decorrência do novo coronavírus. Ele apresentou sintomas e foi internado em Divinópolis. Quatro funcionários da entidade também estão com a doença.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!