Pará de Minas comemora bons resultados dos grupos que ajudam pessoas a deixarem de fumar

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A boa notícia é destacada com maior ênfase nesta quarta-feira, 31 de maio, quando é lembrado o Dia Mundial sem Tabaco. A data foi instituída no ano de 1987 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e tem como objetivo alertar sobre os danos provocados pelo tabagismo a saúde pública.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Este ano o tema escolhido foi: “Tabaco: uma ameaça ao desenvolvimento”. O consumo desse produto e seus derivados geram grandes impactos socioambientais e financeiros em todo o planeta.

A OMS fez um apelo aos países-membros para que implantem medidas efetivas de controle, entre elas a proibição de marketing e publicidade sobre o assunto e o aumento de impostos especiais voltados para o setor.

O consumo do tabaco mata mais de sete milhões de pessoas todos os anos e custa aos governos mais de US $ 1,4 trilhão. Essas despesas ocorrem com os problemas de saúde e a perda de produtividade da população.

Resíduos de tabaco contêm mais de sete mil produtos químicos tóxicos que agridem ao meio ambiente.

O cigarro é responsável por 90% das mortes por câncer de pulmão; 25% dos infartos do miocárdio; 85% das mortes por doença pulmonar obstrutiva crônica, 25% dos óbitos por derrame cerebral e boa parte das úlceras do estômago.

De acordo com Juliana Rezende da Fonseca, referência Técnica na Promoção da Saúde em Pará de Minas, as pessoas estão sendo alertadas sobre a importância de investir em alimentação saudável e cuidados com a saúde:


Juliana Rezende da Fonseca
antitabacojulianarezendefonseca1

Ela informa que desde 2010 vem sendo formados grupos de autoajuda para auxiliar os fumantes que querem se livrar do vício. Os interessados devem procurar as unidades de saúde e obter todas as informações:

Juliana Rezende da Fonseca
antitabacojulianarezendefonseca2

De acordo com últimos dados divulgados pelo Instituto Nacional do Câncer, no ano de 2011 foram gastos R$ 23 bilhões com o tratamento de algumas das mais de 50 doenças relacionadas ao tabaco. Já a arrecadação com impostos sobre cigarros chegou a R$ 6 bilhões.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!