Preço de equipamentos de informática mais que dobrou durante pandemia devido a alta demanda

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A pandemia do novo coronavírus pegou o mundo de surpresa e as pessoas tiveram que se adaptar. Enquanto alguns setores foram fechados por tempo indeterminado, outros se destacaram em meio a este caos mundial.

Um deles foi o de informática. Com tanta gente em casa, em isolamento domiciliar ou home office, o jeito foi melhorar os equipamentos eletrônicos para conseguir produzir melhor no trabalho ou até mesmo poder conversar com parentes e amigos.


Sem contar que a criançada passou a ter aulas online e foi necessário os pais adaptarem um cantinho da casa para a educação à distância.

Daí veio a necessidade de adquirir um novo computador ou outro melhor aquele que já tinha em casa. Foi necessário comprar webcam, teclado, mouse e outras peças.

César Oliveira é proprietário de uma empresa especializada em equipamentos de informática em Pará de Minas e disse ao Portal GRNEWS que renova com frequência os estoques, mas os produtos acabam rapidamente:


César Oliveira
coequipam1

A demanda é alta, mas a oferta caiu. Os fabricantes não estavam conseguindo atender toda a demanda e as lojas tiveram que encontrar novos meios para atender os clientes:

César Oliveira
coequipam2


Para evitar aumentos frequentes de preços nos produtos para o consumidor final, o empresário comprou mais para conseguir um preço melhor:

César Oliveira
coequipam3

Diante destes altos preços resta ao consumidor pesquisar e ficar atento. Além de analisar a marca e modelo para fazer a comparação, é preciso olhar as especificações do produto e avaliar se ele irá atender às necessidades.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!