Pará de Minas aluga respiradores, desfibriladores e carrinhos de emergência por mais de R$ 440 mil

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Pará de Minas decretou no dia 17 de março de 2020 situação de emergência em saúde pública devido os números crescentes do novo coronavírus na cidade. Entre as medidas para conter o avanço do novo vírus, o Município pode fazer contratações sem necessidade de licitações, o que atrasa as compras e contratações de serviços.

Desde então, várias empresas foram contratadas na cidade para prestar serviços, mais especificamente na área da saúde. O Portal GRNEWS inclusive mostrou que até maio o Município já havia investido mais de R$ 1,6 milhão de reais devido a COVID-19.

Na semana passada mais uma contratação foi feita. Através de dispensa de licitação, a Minas Médica do Brasil Ltda. foi contratada para oferecer ao município equipamentos médicos hospitalares por três meses. O valor gasto será de R$ 441.594,00 e a instalação deve ser imediata.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o objetivo do contrato é a locação dos equipamentos para possíveis pacientes com agravamento dos sintomas gripais, sejam eles COVID-19 ou não. São 22 respiradores com monitores cardíacos, desfibriladores, bombas de infusão, carrinho de emergência, ventiladores pulmonares e camas hospitalares. O contrato teve início no dia 25 de junho e vai até 21 de setembro de 2020.

Esta não é a primeira vez que o Município contrata a empresa Minas Médica do Brasil Ltda. Com sede na Rua Curitiba, bairro São José em Pará de Minas, desde o início da pandemia do novo coronavírus já são três contratos.

De acordo com o Portal da Transparência do Município, o primeiro foi firmado no dia 3 de abril para locação de equipamentos para unidade sentinela que atenderá a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no valor de R$ 67.527,00. O segundo contrato foi firmado em 30 de abril para compra de teste rápido no valor de R$ 74 mil. E no dia 4 de maio foi contratada para locação de equipamentos médicos hospitalares em caráter emergencial por R$ 135.054,00.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!