Mesmo sem ter responsabilidade sobre rodovia, prefeitura inicia operação tapa buracos na BR-352

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A rodovia BR-352, que passa atrás do bairro Santos Dumont é constante alvo de reclamações por parte dos usuários. Se o trecho não está com mato alto, dificultando a visibilidade dos motoristas, o problema são os buracos, que causam riscos constantes a quem trafega por ali.

A estrada também é conhecida por não ter um responsável direto. O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG) diz que o trecho pertence ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), já o órgão federal garante que a rodovia é responsabilidade estadual. Esse jogo de empurra-empurra só traz malefícios para quem precisa trafegar pelo local, pois ninguém assume a responsabilidade e nem revitaliza o trecho.

No início de 2019, após muitas reivindicações, o Município realizou uma operação tapa buracos e 11 quilômetros foram revitalizados. O município precisou de 27 toneladas de massa asfáltica para resolver o problema.

Mas meses depois, com as chuvas, novos buracos foram aparecendo e o mato cresceu. Após intervenção do deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB), o DEER-MG decidiu que faria uma limpeza na via e serviços paliativos.

Mas o tráfego intenso fez mais buracos e com isso, acidentes. O Portal GRNEWS inclusive noticiou alguns deles.

Desde então a rodovia não sofreu mais intervenções e a situação só piora. Especialmente no período chuvoso as reclamações são constantes. Após muitos pedidos, a prefeitura decidiu interferir novamente e mesmo sem ter responsabilidades com o trecho iniciou a operação tapa buracos, como disse o prefeito Elias Diniz (PSD):

Elias Diniz
eliasdinbr352tb


Todo o trabalho será fotografado e todos documentos reunidos para que depois o DEER-MG pague ao Município os gastos com a operação. Segundo o prefeito, ainda nesta semana, o serviço deve ser finalizado:

Elias Diniz
eliasdinbr352tb2

O Município ainda não calculou quanto deve ser gasto para tapar todos os buracos dos 11 quilômetros de via, mas tudo será encaminhado devidamente documentado para o DEER-MG, para ser ressarcido.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!