Eduardo Barbosa é favorável ao adiamento das eleições, mas proposta divide opiniões na Câmara

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O Senado aprovou na terça-feira (23) o texto que adia para 15 e 29 de novembro o primeiro e segundo turnos das eleições municipais deste ano. Previstas inicialmente para outubro, devido a pandemia, houve necessidade de mudança nas datas trazendo mais segurança para todos.

A proposta agora seguiu para a Câmara dos Deputados, que analisará o texto aprovado. Desde o início da pandemia o assunto tem sido discutido amplamente, sendo defendida até mesmo a possibilidade de unir as eleições municipais às estaduais e federais em 2022.

O deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB) disse ao Portal GRNEWS que tem acompanhado todas as discussões que envolvem o possível adiamento das datas. Na Câmara os votos ainda não estão bem definidos pois há ainda deputados que querem que a data inicial seja mantida:

Eduardo Barbosa
edubaradiaeleic1

Eduardo Barbosa é favorável ao adiamento das eleições acreditando que esta é a melhor maneira de realizar o pleito de forma segura e tranquila para todos os brasileiros:

Eduardo Barbosa
edubaradiaeleic2

Caso sejam aprovadas as novas datas, também é alterado o calendário eleitoral. A partir de 11 de agosto as emissoras de rádio e televisão ficam proibidas de transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato; entre 31 de agosto e 16 de setembro, acontecem as convenções para definição de coligações e escolha dos candidatos; 26 de setembro é o ultimo dia para registro das candidaturas; após esta data tem início a propaganda eleitoral, inclusive na internet; e no dia 27 de outubro os partidos, coligações e candidatos divulgam relatórios discriminando os recursos recebidos do Fundo Partidário.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!