Exigir cupom fiscal ao abastecer não força queda no preço dos combustíveis, diz empresário

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Há alguns dias vem sendo compartilhado nas redes sociais o áudio de um motorista de táxi que deu uma sugestão indicando que supostamente forçaria a Petrobras a baixar o preço dos combustíveis em todo o Brasil.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O profissional do volante afirma na gravação que teria transportado um diretor de uma refinaria. O funcionário teria dito que se os consumidores exigissem a nota ou o cupom fiscal nos postos durante o abastecimento a Petrobras teria que baixar os preços.


A informação foi compartilhada com milhares de pessoas e muitos consumidores se perguntavam se a medida realmente faria algum efeito. A dúvida ficou no ar e as opiniões se dividiram em torno do assunto.

A reportagem do Portal GRNEWS procurou um empresário de Pará de Minas que atua há muitos anos para esclarecer o que acontece no mercado de revenda de combustíveis em Minas Gerais.


Geraldo Magela de Almeida, sócio-proprietário de uma rede de postos de combustíveis, disse que a solicitação da nota fiscal durante a compra de gasolina, álcool ou óleo diesel não altera nada.

Ele explicou que apenas os clientes terão que aguardar alguns minutos para que os frentistas possam registrar os dados do comprador e emitir a nota fiscal para os clientes. Os impostos são retidos na fonte:


Geraldo Magela de Almeida
notafiscalgeraldomagela1

O empresário afirma que as mudanças no Brasil dependem da consciência da população ao escolher melhor seus governantes. Muitos políticos prometem grandes coisas, mas não fazem nada e acabam se envolvendo em atos de corrupção e passando a conta para os trabalhadores:

Geraldo Magela de Almeida
notafiscalgeraldomagela2

Em Minas Gerais os impostos que incidem sobre os combustíveis são recolhidos quando o posto faz a compra na refinaria. A chamada Substituição Tributária criada durante o mandato do então governador Aécio Neves (PSDB).

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!