Superintendente deixará a Águas de Pará de Minas para assumir cargo de direção no Grupo Águas do Brasil

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O superintendente da concessionária Águas de Pará de Minas Thiago Contage Damaceno confirmou no início da noite desta segunda-feira, 24 de junho, que deixará o cargo a partir do mês de julho para assumir um cargo na diretoria do Grupo Águas do Brasil, em Niterói, no Estado do Rio de Janeiro. Ele será substituído em Pará de Minas por Rodrigo Macool, profissional de carreira que há 10 anos trabalha no Grupo Águas do Brasil.

Thiago Contage Damaceno chegou a Pará de Minas em março de 2015, após ter prestado serviços para o Grupo Águas do Brasil por aproximadamente dois anos em Manaus, no Estado do Amazonas.

Ele chegou ao município em um momento de grande tensão em meio a uma batalha jurídica travada pelo ex-prefeito Antônio Júlio de Faria (MDB) e a Copasa que havia perdido direito de continuar explorando o serviço de água e esgoto em Pará de Minas após mais de 35 anos.

Pouco tempo após sua chegada, Thiago Contage Damaceno assumiu o serviço de água e esgoto em Pará de Minas no dia 17 de abril de 2015. Ele conta que ao receber a autorização do ex-prefeito para iniciar a operacionalização dos serviços na cidade, se dirigiu junto com uma companheira de trabalho, para a antiga sede da Copasa no bairro Nossa Senhora das Graças, onde encontrou apenas uma mesa e uma cadeira velhas e quebradas.

Ele começou do zero o gerenciamento do serviço de água e esgoto em Pará de Minas. Não restou nenhum mapa sobre a tubulação, localização de registros e outros. Nem mesmo o cadastro de consumidores a Copasa deixou para sua sucessora.

Para elaborar o cadastro de clientes Thiago Contage Damaceno e sua equipe utilizaram dados do cadastro do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) da Prefeitura de Pará de Minas. Depois a concessionária fez o recadastramento de todos os consumidores.

Thiago Contage Damaceno e o Grupo Águas do Brasil também surpreenderam positivamente a população paraminense cansada de sofrer com o intenso racionamento de água nos anos de 2013 e 2014.

O grupo investiu cerca de R$ 40 milhões para construir em aproximadamente cinco meses a nova adutora do Sistema Paraopeba para captação de água no distrito de Córrego do Barro e acabar com o problema do abastecimento de água. No dia 6 de outubro de 2015 a água captada no rio Paraopeba chegou à Estação de Tratamento de Água (ETA) localizada no bairro Nossa Senhora das Graças.

À época, todos acreditavam que o problema de falta d’água estava definitivamente resolvido. Tudo isso foi literalmente por “lama abaixo” após o rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho em 25 de janeiro de 2019, matando centenas de pessoas e contaminando o rio Paraopeba. Com isso, a Águas de Pará de Minas foi obrigada a suspender a captação em Córrego do Barro na noite de 28 de janeiro, horas antes de o Governo do Estado de Minas Gerais decretar que a água do rio Paraopeba estava imprópria para o consumo humano, animal e não deveria ser utilizada de forma alguma pela população.

Depois Thiago Contage Damaceno participou ativamente das negociações que envolveram os representantes da prefeitura, do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e da mineradora Vale, resultando em um Termo de Compromisso assinado pela empresa se comprometendo a construir outra adutora para captar água no rio Pará até maio de 2020. Esse projeto será supervisionado por seu sucessor, como explica Thiago Contage Damaceno:

Thiago Contage Damaceno
thiagocontagesaida1

Aproveitou para destacar o profissionalismo, capacidade de liderança e o comprometimento com a saúde pública de Rodrigo Macool que assumirá o comando da Águas de Pará de Minas:

Thiago Contage Damaceno
thiagocontagesaida2

Thiago Contage Damaceno esteve na Câmara Municipal para apresentar seu sucessor aos vereadores, um pouco antes da reunião realizada na noite desta segunda-feira, 24 de junho. Aproveitou para agradecer o apoio que sempre recebeu, juntamente com sua família, desde o momento que chegou à Pará de Minas:

Thiago Contage Damaceno
thiagocontagesaida3

Após quatro anos de serviços prestados ao município de Pará de Minas, Thiago Contage Damaceno retorna para seu estado de origem, Rio de Janeiro. De certa forma ele está voltando para casa, uma vez que nasceu no interior e agora ocupará um cargo de direção na sede do Grupo Águas do Brasil em Niterói.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!