Proteção é o melhor remédio para manter saúde da pele que fica mais exposta aos raios solares durante o verão

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Com temperaturas altas nesse período do ano, o que as pessoas mais procuram é se refrescar. O calor intenso é um incentivo para procurarem clubes, lagos, rios, cachoeiras e praias. Locais que são verdadeiros atrativos para os acalorados.

Porém para se refrescar é necessário tomar uma série de cuidados, como conhecer bem o espaço ao cair na água para evitar afogamento. Também é imprescindível evitar problemas de saúde, os mais graves são aqueles causados pela exposição ao sol, como queimaduras e até mesmo o câncer de pele.

O médico dermatologista Mário Lessa recomenda que as pessoas sempre evitem a longa exposição solar. Alerta que durante uma parte da manhã e no fim da tarde são os horários mais adequados, e sempre usar o protetor solar:

Mário Lessa

Doenças de pele são sempre aumentam durante o verão. A principal causa é a falta de proteção. Cuidados simples podem evitar que a diversão vire preocupação. Caso a pessoa sofra alguma exposição solar, deve se hidratar e procurar um profissional para avaliar sua situação:


Mário Lessa
mario_lessa_cuidados_verao1

Todas as lesões desconhecidas na pele se constituem em fatores preocupantes, requerendo cuidado especial. Até mesmo uma pinta natural que sofra alguma alteração é sinal de alerta e a pessoa deve procurar auxílio médico.

Na praia os cuidados com a exposição solar devem ser redobrados, uma vez que os raios ultravioletas se refletem na areia e mesmo em baixo de proteção são comuns às queimaduras solares:

Mário Lessa
mario_lessa_cuidados_verao2

Está comprovado cientificamente que o sol é cumulativo na pele humana, ou seja, quanto mais tempo de exposição, maior a chance de a pessoa ter algum problema de pele no futuro. Portanto, previna-se e mantenha-se sempre bem hidratado.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!