Febre Maculosa já provocou mortes em Divinópolis, Itaúna e Igaratinga. Médico alerta para os riscos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A Febre Maculosa é uma doença que já fez algumas vítimas fatais na região. Foram confirmados casos que levaram a morte dos infectados nos municípios de Divinópolis, Itaúna e Igaratinga.

Apesar de não haver motivos para pânico, as autoridades estão preocupadas com a Febre Maculosa. Trata-se de uma doença infecciosa que pode acometer pessoas de todas as idades.

A transmissão ocorre depois que o carrapato-estrela pica um animal infectado pela bactéria Rickettsia rickettsii. O carrapato carrega é hospedeiro e ao picar o ser humano ocorre a transmissão da doença.

Os principais sinais são: febre, dor muscular, vômito, diarreia, dores de cabeça e manchas vermelhas nas extremidades do corpo. O tratamento é realizado com antibióticos e precisa ser administrado o mais rápido possível.

Quanto mais rápida a descoberta da doença maior a chance de um tratamento eficaz. A pessoa deve retirar o carrapato com uma pinça ou procurar um posto de saúde para fazer a remoção correta.

Os sintomas da doença podem aparecer de dois a sete dias após a picada. Por isso é importante ter os devidos cuidados também com os animais domésticos para que seja feito o combate a qualquer infestação de carrapatos-estrela.

De acordo com o médico especialistas em Pediatria Serafim Francisco Alves, a Febre Maculosa pode provocar manchas na pele que são confundidas com outras doenças. Por isso é importante procurar assistência de um profissional rapidamente:

Serafim Francisco Alves
serafimfrancisco_febre1


Para o carrapato-estrela transmitir a doença para uma pessoa ele precisa ficar de 4 a 6 horas na pele. Por isso é recomendado usar roupas claras para facilitar a visualização e colocar a calça para dentro do calçado e prendê-la com uma fita:

Serafim Francisco Alves
serafimfrancisco_febre2

Outra ação importante a ser tomada é manter o mato das propriedades bem aparado. Os proprietários de cães também devem tomar cuidado para que o animal não seja contaminado e passe a proliferar a doença:

Serafim Francisco Alves
serafimfrancisco_febre3

Foram confirmadas três mortes por Febre Maculosa em Divinópolis, outras três em Itaúna. Uma criança que esteva passeando em uma propriedade em Igaratinga infelizmente faleceu, vítima da doença:

Serafim Francisco Alves
serafimfrancisco_febre4

De acordo com o Departamento de Vigilância Epidemiológica, em Pará de Minas uma pessoa foi acometida pela doença depois de visitar uma área do bairro Cores de Minas onde vivem cavalos e capivaras.

Felizmente o cidadão paraminense procurou assistência médica em curto prazo e recebeu o devido tratamento. Caso contrário, ele também entraria as estatísticas de mortes na região.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE