É preciso implantar um programa para combater carrapatos em cães, alerta veterinário

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A Febre Maculosa Brasileira (FMB) é uma doença infecciosa, febril aguda, de gravidade variável, cuja apresentação clínica pode variar desde as formas leves e atípicas até formas graves, com elevada taxa de letalidade.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A enfermidade é causada por uma bactéria do gênero Rickettsia, denominada Rickettsia rickettsii, transmitida por carrapatos, caracterizando-se por ter início repentino, provocando febre alta, cefaléia e prostração.

A patologia pode evoluir para hemorragias e por isso o tratamento precoce é essencial para evitar formas mais graves da doença. Quanto mais rápido a pessoa retirar os carrapatos do corpo, menor será o risco de contrair FMB

Nos casos de contato com áreas com presença de carrapatos, recomenda-se o uso de mangas longas, botas e de calça comprida com a parte inferior dentro das meias, todos de cor clara para facilitar a visualização dos carrapatos.

Após a utilização a pessoa deve colocar todas as peças de roupas em água fervente para a retirada dos agentes da febre maculosa. A preocupação é grande em especial devido aos cães soltos pelas ruas.

Em Pará de Minas um cão foi encontrado no bairro Patafufo com a saúde debilitada e com uma grande quantidade de carrapatos estrela. De acordo com o médico veterinário Idael Christiano de Almeida Santa Rosa, qualquer infestação deve ser combatida para evitar doenças em animais e nas pessoas:

Idael Christiano de Almeida Santa Rosa
idaelsr_carrp1


O especialista explica que o carrapato passar por diversas fases e em todas elas ele tem potencial de transmitir a febre maculosa. O processo é contínuo desde a larva até a fase adulta:

Idael Christiano de Almeida Santa Rosa
idaelsr_carrp2

O profissional ressalta que no caso de carrapatos é preciso estabelecer um programa de controle no cão e no ambiente. Para isso é importante utilizar produtos corretos para que tenha a ação eficaz:

Idael Christiano de Almeida Santa Rosa
idaelsr_carrp3

Um carrapato fêmea em fase reprodutiva pode gerar de três a quatro mil ovos. Uma grande quantidade de novos carrapatos que darão continuidade ao ciclo, podendo provocar uma infestação desses parasitas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!