Nenhuma granja avícola da região de Pará de Minas se registrou conforme novas normas do IMA

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

granja
O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) contabilizou até a primeira quinzena deste mês de Junho um total de 1.253 granjas registradas. O número total chega à marca de 1.904 estabelecimentos ativos pelo estado.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

No caso dos estabelecimentos que ainda estão com a situação pendente, a maior parte assinou um termo de compromisso com prazo de um ano para regularizar a situação perante o Estado de Minas Gerais.

O registro consta na Portaria 1.555 do IMA, publicada no dia 15 de Dezembro de 2015. O documento torna obrigatório o registro no instituto, das granjas de frango e peru de corte e de galinha de postura.

Também fazem parte da lista os estabelecimentos de criação de outras aves como codorna e faisão, destinadas à produção de carne e ovos para consumo humano.

joao_cruz_reis_filho150616
Mas de acordo com João Cruz Reis Filho, secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, na região de Pará de Minas nenhuma granja avícola realizou o procedimento e faz um alerta:

João Cruz Reis Filho
grnjoaocruzreis1

O secretário ressalta que o registro servirá para a fiscalização da adoção de medidas de biosseguridade para a prevenção à Influenza Aviária, conhecida popularmente como a gripe do frango:

João Cruz Reis Filho
grnjoaocruzreis2

O Brasil não registra há um bom tempo casos de Influenza Aviária, mas está em alerta, pois existe o risco de chegar ao país pelo processo de migração de aves contaminadas ou pelo trânsito de pessoas procedentes de países onde há casos da doença.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!