Relatório quadrimestral mostra investimento de mais de R$ 50 milhões na Saúde em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O Portal GRNEWS acompanha a reunião dos vereadores paraminenses na noite desta segunda-feira, 21 de junho, o secretário Municipal de Saúde Wagner Magesty e as Referências Técnicas de Monitoramento e Gestão em Saúde, Ana Clara Teles Meytre e Cristiane dos Santos Paulino, apresentaram aos vereadores e a quem assistia à reunião transmitida pelo canal da Câmara no Youtube, o 1º relatório Detalhado do Quadrimestre Anterior.


O relatório apresenta um plano de saúde, a programação anual e o relatório anual de gestão, mostrando os recursos recebidos e como foram aplicados, e a oferta de serviços públicos contratada e conveniada.

Dados de 2020 mostram que Pará de Minas tem atualmente 94.808 habitantes, sendo que 18% são crianças e adolescentes, 7% são jovens, 60% são adultos e 15%, idosos. A apresentação alertou para o aumento da população idosa no município, o que mostra a necessidade de ações e políticas públicas para esta faixa etária.

Na Secretaria Municipal de Saúde são 1.198 servidores, sendo que 51,7%, o que representa 619 trabalhadores, são efetivos.

O relatório também mostrou que entre 1º de janeiro e 30 de abril, os trabalhadores da Saúde cadastraram 35.394 novos domicílios em Pará de Minas e foram 285.879 procedimentos realizados.

No Ambulatório Médico de Especialidades (AME) são realizados atendimentos especializados inclusive nas crianças. Ana Clara Teles Meytre alertou para a quantidade de exames realizados nos bebês gratuitamente e que muitas mães não estão atentas aos procedimentos. Nos quatro primeiros meses foram feitos 104 testes do olhinho, 349 testes da orelhinha e 77 testes do coraçãozinho. Número que poderia ser bem maior se as famílias soubessem da importância destes exames para a saúde da criança.

O relatório mostrou ainda as receitas e despesas do Município com a Saúde no 1º quadrimestre do ano. Pará de Minas recebeu R$ 70.636.317,51 para investir na Saúde, aumento de 10,92% em relação ao mesmo período do ano passado. Quanto aos recursos vinculados do SUS, o município recebeu R$ 12.292.291,93, redução de 23,89% em relação ao 1º quadrimestre de 2020.

Em relação às despesas, foram investidos na Saúde paraminense R$ 33.015.147,48, aumento de 18,94% em relação ao mesmo período de 2020. Quanto aos recursos próprios investidos, houve aumento de 7,09%, no valor de R$ 18.324.783,50.

No total geral, houve aumento na despesa per capita em relação ao ano passado. Nos quatro primeiros meses de 2021, cada paraminense custou R$ 347,86 ao Município.

Wagner Magesty citou ainda que 10% dos atendimentos agendados no sistema público de saúde é faltoso, ou seja, os pacientes não comparecem ao local indicado. Ele deu um exemplo. Recentemente, de 50 exames marcados em um dia, apenas 12 pessoas compareceram.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!