Casos de doenças mentais e suicídios aumentam entre jovens durante pandemia; pais devem observar sinais

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A saúde mental tem sido muito debatida desde o início da pandemia do novo coronavírus. Com o isolamento social, cresceu o número de pessoas que desencadearam uma depressão ou tiveram os sintomas mais agravados. Este momento de incertezas traz angústia, medo e sofrimento e por isso é preciso tratamento para que o pior não aconteça, como uma tentativa ou um suicídio por exemplo.

Estas tentativas e até consumações de suicídio tiveram aumento neste ano, durante a pandemia, especialmente entre adolescentes. De janeiro a junho de 2019, 57 pessoas se mataram e 111 tentaram suicídio no Centro-Oeste mineiro. No primeiro semestre deste ano, foram 70 mortes e 94 tentativas de acordo com dados da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG).

Somente em Pará de Minas, no ano passado foram quatro tentativas e três consumações de acordo com a PCMG. E no primeiro semestre deste ano, foram seis suicídios consumados e uma tentativa.

Diante da gravidade da situação, o Portal GRNEWS conversou com a psicóloga Marina Saraiva que explica os vários motivos que podem levar adolescentes e jovens a tentar e até mesmo cometer o suicídio. Durante a pandemia vários fatores podem se agravar:

Marina Saraiva
marinasarsuicjovens1


Também durante a pandemia, os estudantes passaram a estudar em casa. Se antes tinham contato com direto com amigos e outros alunos, hoje precisam estudar sozinhos e a pressão pode atrapalhar a saúde mental:

Marina Saraiva
marinasarsuicjovens2

Outra atitude dos pais, especialmente com filhos mais jovens, é ouvir atentos todas as angústias sem julgamentos e tentar auxiliá-los da melhor forma:

Marina Saraiva
marinasarsuicjovens3

Marina Saraiva lembra ainda das formas que a pessoa com sofrimento mental pode procurar ajuda:

Marina Saraiva
marinasarsuicjovens4

O telefone para conversar com um psicólogo gratuitamente é o 0800 940 940 2. Os profissionais trabalham 24 horas, sete dias por semana.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!