Copasa emite quase nove mil ordens de pagamento para ressarcir paraminenses; veja a lista

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Em março de 2020 a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) iniciou a restituição devida a consumidores paraminenses. É que após uma ação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), através da Comarca de Pará de Minas, a Copasa foi obrigada a ressarcir os clientes por 40% pagos a mais nas contas de água entre setembro de 2012 e abril de 2015.

Os consumidores fizeram um cadastro no site da concessionária que era responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto em Pará de Minas naquela época, e após análise, ficou definido o valor que cada proprietário de imóvel teria direito.

Muitos já receberam e agora uma nova lista foi publicada pela Copasa (Veja abaixo). Quase nove mil consumidores tiveram a ordem de pagamento emitida e eles deverão ir até a agência do Itaú em Pará de Minas para sacar o valor devido que varia entre R$ 16,00 e pouco mais de R$ 12 mil, como destacou ao Portal GRNEWS o promotor Delano Azevêdo Rodrigues:


Delano Azevêdo Rodrigues

delanoarnovalistcopas1

Por enquanto os funcionários da Copasa ainda não estão na agência, atendendo os consumidores ou esclarecendo dúvidas. Mas como as ordens de pagamento já foram emitidas, basta o cliente ir até a agência bancária indicada para fazer o saque:

Delano Azevêdo Rodrigues
delanoarnovalistcopas2

Delano Azevêdo Rodrigues ressalta que o prazo expira em dois meses, por isso não há necessidade de se formar longas filas do lado externo da agência:

Delano Azevêdo Rodrigues
delanoarnovalistcopas3

São 34 mil consumidores com direito a receber a restituição e a maioria teve o dinheiro deposito na conta bancária ou foi ao Itaú sacar o valor devido pela Copasa. Para receber o dinheiro, o titular da conta de água deve apresentar um documento oficial com foto. Se for empresa, deve levar até a agência o contrato social atualizado junto com a documentação do responsável pela empresa. Nestes casos, deve apresentar ainda o cartão CNPJ atualizado.

Para saber se a ordem de pagamento já foi emitida pela Copasa e o banco Itaú, consulte as listas abaixo.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!