Posto da Copasa pronto para atender consumidores paraminenses a partir desta segunda

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Muitos paraminenses estão ansiosos para a abertura do posto da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) na cidade a partir desta segunda-feira, 16 de março. É que muita gente ainda não conseguiu completar o cadastro e nem recebeu a restituição prometida pela estatal.

Além disso, os moradores questionam a promessa que um e-mail chegaria antes do pagamento para que cada um soubesse o valor que receberia e assim concordaria ou não com o ressarcimento, como dito pelo promotor Delano Azevedo Rodrigues. Mas a maioria não recebeu esta informação antecipada.

O Portal GRNEWS apurou que o posto de atendimento da Copasa já está pronto para receber os proprietários de imóveis paraminenses que tem direito ao ressarcimento. Há alguns dias técnicos da estatal estiveram na sede do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (CREA-MG) e montaram os equipamentos. Eles ficarão no auditório da sede do CREA e tudo já está pronto, conforme adiantou funcionários do Conselho.

De acordo com a Copasa, até o dia 10 de março, foram realizados 7.350 cadastramentos no site. Destes, 51%, o que representa 3.735 pessoas, receberam os créditos em conta corrente. O valor pago até agora gira em torno de R$ 2,4 milhões. Outros 3.622 clientes que se cadastraram não receberam por causa de inconsistência dos dados informados e por isso não foi possível efetuar o crédito.

Ainda de acordo com a estatal, estes clientes com dados faltosos ou inconsistentes, receberão um e-mail para novo cadastramento.

Quanto ao posto montado, 1.151 pessoas já estão agendadas e inicialmente o atendimento será feito apenas às pessoas que não tinham o CPF cadastrado na empresa na época em que a estatal era responsável pelo abastecimento na cidade.

A Companhia alerta ainda que “os cadastramentos e agendamentos devem ser feitos apenas uma vez, informando corretamente o CPF ou CNPJ e os dados da conta bancária, como código do banco, agência, conta corrente ou poupança do titular da fatura da Copasa, no período de setembro de 2012 a abril de 2015.”

Além disso, caso sejam informados os dados de outra pessoa, “o banco não efetuará o pagamento do valor devido. Essas informações valem também para as empresas, órgãos ou fundações, que devem incluir no campo do nome, a razão social e os dados bancários da empresa.”

Como dito anteriormente, a Copasa, com o objetivo de manter a privacidade do consumidor, evitando fraudes e utilização indevida de informações, não informou os valores no site. Quem não concorda com o valor pago, segundo a empresa deve “ingressar com execução individualizada do crédito que julgar necessário.”

O atendimento no posto da Copasa está previsto para acontecer de 8 às 16 horas a partir de segunda-feira, 16 de março. A sede do CREA em Pará de Minas está localizada na rua Sacramento, nº 356, Centro.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!