Prefeitura investirá quase R$ 500 mil para concluir Unidade Básica de Saúde do Bairro Dom Bosco

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A situação financeira da maioria dos municípios brasileiros é crítica. No Estado de Minas Gerais o cenário é ainda mais complicado. Governo de Minas Gerais deve aproximadamente R$ 10 bilhões às prefeituras somente em repasses necessários que deixou de efetuar, conforme dados da Associação Mineira de Municípios (AMM).

Além de rever planejamento e cortar gastos onde é possível para garantir os serviços básicos aos cidadãos, os gestores municipais também se desdobram para tentar pagar salários. Muitos ainda buscam recursos para pagar 13º salário aos servidores municipais.

Em Pará de Minas não é diferente. O prefeito Elias Diniz (PSD) afirmou que o Governo de Minas Gerais deve mais de R$ 32 milhões ao município. Com isso, ele disse que foi preciso “otimizar” o trabalho em todos os setores das secretarias  para manter o funcionamento dos serviços ofertados aos paraminenses.

Quanto aos salários, o prefeito salientou que vem pagando rigorosamente em dia aos servidores municipais. Mesmo com a dificuldade de caixa em razão da quantia expressiva que o governo estadual deixou de repassar, ele garantiu o pagamento do 13º salários dos servidores municipais no dia 20 de dezembro.


Além disso, a administração municipal procura realizar obras. Um delas é a conclusão da Unidade Básica de Saúde (UBS) Tipo III, cuja obra está avançada no Bairro Dom Bosco.

Na tarde de quarta-feira, 12 de dezembro, a Comissão Permanente de Licitações da Prefeitura de Pará de Minas abriu os envelopes das empresas interessadas em realizar a segunda etapa da UBS Dom Bosco, pelo menor preço.

Nesta licitação sete empresas apresentaram a documentação exigida para participar da licitação. Uma delas ficou devendo o que prova a regularidade junto a Fazenda Federal e Seguridade Social. Outra ficou devendo Certidão Simplificada expedida pela Junta Comercial. Mesmo assim, continuam na disputa com base no que determina a legislação.

Após a conferência da documentação cinco empresas foram habilitadas, sendo que duas delas ficou devendo a apresentação de documentos obrigatórios. Outras duas empresas foram inabilitadas. Assim, foi aberto o prazo de cinco dias úteis para apresentação de recursos, a contar a partir da publicação feita nesta quinta-feira, 13 de dezembro.

A reportagem do Portal GRNEWS apurou junto a Prefeitura de Pará de Minas que a contratação de empresa para prestação de serviço de construção da UBS Tipo III no Bairro Dom Bosco (segunda etapa), incluindo o fornecimento de materiais, está estimada em R$ 483.881,07.

Sendo, que o Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, destinará à obra R$ 100 mil, do Plano Nacional de Implantação de Unidades Básicas de Saúde para Equipes de Saúde da Família. Não há participação de nenhum deputado na liberação de recursos, por meio de apresentação de emenda parlamentar. O restante dos recursos – R$ 383.881,07 – será do próprio município.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!