Acordos de cooperação firmados entre prefeitura e entidades assistenciais preveem repasses de R$ 218 mil

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


As entidades beneficiadas são conhecidas pelos relevantes serviços prestados à população de Pará de Minas e trabalham em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social para atender o maior número de pessoas possível que se encontrarem em situação de vulnerabilidade social.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A Associação Amigos de São Judas Tadeu (AJUTA) receberá a maior parcela por meio do Acordo de Cooperação 002/2018. Os recursos da ordem de R$ 96 mil serão repassados para ajudar na prestação de serviços nos próximos 12 meses. O documento foi assinado pelo prefeito Elias Diniz (PSD) em 30 de janeiro e publicado no dia 7 de fevereiro de 2018.

Na mesma data, 7 de fevereiro, foi publicado o Acordo de Cooperação 001/2018 firmado entre a Prefeitura de Pará de Minas e a Associação Comunitária Bela Vista, Bairro Recanto da Lagoa e Bairro Santa Edwiges (ABEV) especificando o repasse de R$ 78 mil, com vigência de 12 meses, com aval dado pelo gestor municipal em 02 de janeiro de 2018.

No dia 19 de janeiro o prefeito também assinou outros dois acordos de cooperação de números 003/2018 e 004/2018 celebrados entre o Município de Pará de Minas e a Associação São Paulo Apóstolo. O primeiro com previsão de repasse de R$ 32 mil e o segundo especifica a liberação de R$ 12 mil, totalizando R$ 44 mil, destinados à entidade com vigência de 12 meses, fatos que ganharam publicidade no dia 7 de fevereiro de 2018.

Esses acordos de cooperação firmados entre a Prefeitura de Pará de Minas e as entidades assistenciais preveem que o dinheiro deve ser aplicado no fornecimento de material de consumo, material permanente e equipamentos, outros serviços de terceiros, premiações culturais, artísticas, científica, desportiva e outras, contratação por tempo determinado e vencimento e vantagens fixas, que serão utilizados na execução dos Serviços de Proteção Social Básica, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, tipificados na Resolução 109/2009 do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS).

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!