Profissionais indignados protestam no Centro de Pará de Minas contra o fechamento de academias

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Proprietários de academias e personal trainners se uniram na manhã desta sexta-feira,10 de agosto, e percorreram toda a área central da cidade. Na manifestação pacífica, que contou também com apoio logístico da Polícia Militar, eles pedem pela reabertura das academias de Pará de Minas.


Após a adesão ao Minas Consciente do governo estadual e passar a cumprir as determinações do plano, o Município foi enquadrado na Onda Amarela que prevê o fechamento de academias, clubes, casas de eventos e estúdios de piercing e tatuagem. Estes locais não podem funcionar neste momento.


Os profissionais alegam que todas as recomendações são seguidas pelas academias e não houve inclusive aumento de casos na cidade após a reabertura destes estabelecimentos. A empresária Maria Diniz disse ao Portal GRNEWS que academia também é saúde e estando fechadas, podem prejudicar muitos adeptos à prática esportiva:


Maria Diniz
mariadmanifestaacad1

Ela lembra que nas academias não é só o corpo que se exercita, mas também a mente. E é neste momento de incertezas que todos devem cuidar da saúde mental:


Maria Diniz
mariadmanifestaacad2

Horácio Alcântara é proprietário de um estúdio e também personal trainner. Participou da manifestação e não concorda com o fechamento de estabelecimentos que promovem saúde e bem estar à população:


Horácio Alcântara
horacioamanifestaacad1

O prefeito Elias Diniz (PSD) marcou uma reunião com os manifestantes e espera atuar junto ao Governo de MG para reabrir as academias. Acredita ainda que diante dos poucos casos registrados no município e toda a estrutura montada para atendimento a pacientes com COVID-19, Pará de Minas poderia ser incluída na Onda Verde:


Elias Diniz
eliasdmanifestaacad1


Para reabrir as academias na cidade, o Governo de MG tem que autorizar pois a cidade aderiu ao Minas Consciente após determinação do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!