Rua em Ascensão causa transtornos para moradores e vice-prefeito diz que responsabilidade é da Águas de Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Os moradores da Rua Martinho Pescador, distrito de Ascensão, município de Pará de Minas, continuam reclamando da péssima qualidade da via, uma das principais da comunidade. Argumentam que quando chove alaga e causa ainda mais transtornos.

Foto enviada por moradores/Reprodução

A rua era calçada e não trazia problemas aos moradores. Porém, a obra para passar a tubulação da adutora para captar água no Rio Paraopeba realizada em 2015 passa por debaixo da via. Os moradores reclamam que a concessionária Águas de Pará de Minas após as obras fez o recapeamento da rua também com calçamento, o que piorou a situação.

Foto enviada por moradores/Reprodução

Depois de ouvir as queixas dos moradores, a reportagem do Portal GRNEWS, conversou sobre o assunto com o vice-prefeito e secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, José Porfírio de Oliveira Filo (PV) para saber se existe previsão de obras no local para resolver o problema.

Foto enviada por moradores/Reprodução

Ele explicou que aquela rua foi pavimentada em sua gestão como prefeito de Pará de Minas. Disse também que o trabalho de recapeamento da rua após a construção da adutora ficou mal feito e que agora a concessionária é a responsável por resolver este problema:


José Porfírio de Oliveira Filho
zezemartinhopescador

Foto enviada por moradores/Reprodução

A reportagem do Portal GRNEWS também procurou a versão da concessionária Águas de Pará de Minas sobre a situação reclamada pelos moradores da Rua Martinho Pescador, no distrito de Ascensão. A empresa se manifestou por meio de nota. Veja a íntegra abaixo.

Foto enviada por moradores/Reprodução

“A Águas de Pará de Minas informa que uma equipe já esteve no local e esclarece que, apesar do sistema de drenagem pluvial, é possível que haja um acúmulo de água em pontos específicos. Diante da situação, a concessionária ressalta que está à disposição para ir até um local que, pontualmente, esteja acumulando água em função da adutora. Em caso de dúvida ou informações, o contato deve ser feito pelo 0800 737 0422.”

Foto enviada por moradores/Reprodução
Foto enviada por moradores/Reprodução
Foto enviada por moradores/Reprodução
Foto enviada por moradores/Reprodução
Foto enviada por moradores/Reprodução

 

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!