Eduardo Barbosa defende realização do Censo 2021 para que o Brasil conheça a realidade de seu povo

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O processo seletivo que contrataria mais de 204 mil pessoas para os cargos de agentes recenseador e censitário continua suspenso no Brasil. Após o governo federal não liberar verbas para realização do Censo neste ano, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) preciso suspender todo o processo.

O Supremo Tribunal Federal (STF) já determinou que o governo tome as providencias para que a pesquisa seja realizada, mas a União cortou mais de 90% do orçamento do IBGE, o que inviabiliza a realização. Sem contar que também não há previsão de recursos para o Censo em 2022.

O deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB) se pronunciou a respeito do assunto e destaca que pode haver comprometimento de informações caso o Censo não seja realizado em 2021, pois é a partir destes dados que políticas públicas são criadas e colocadas em prática para melhorar diversos aspectos e setores da sociedade:


Eduardo Barbosa

eduardobcenso1

O governo federal disse que analisará a decisão do STF e caso seja obrigado a realizar o Censo este ano, a União deverá abrir espaço no orçamento cortando verbas de outros órgãos públicos.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!