Paraminenses cobram fiscalização contra motoristas que estacionam em local proibido na Presidente Vargas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O trecho da Avenida Presidente Vargas, compreendido entre a Rua Godofredo de Oliveira, Vila Raquel, e a Ponte Grande, é alvo de diversas polêmicas, desde junho de 2015. Na ocasião o Conselho Municipal de Trânsito retirou o estacionamento regulamentar e criou uma terceira faixa exclusiva para o condutor que pretende convergir a direita sem ter que aguardar o sinal verde no semáforo da Ponte Grande.

Por um lado os motoristas queriam mais celeridade e fluidez dos veículos, não precisavam esperar o sinal da Ponte Grande abrir para entrar na Avenida Mathias Lobato. Por outro os comerciantes da Avenida Presidente Vargas instalados naquele trecho perderam suas vagas de carga e descarga e protestaram.

Depois o município permitiu uma parada rápida no local, tempo suficiente para entrar em um dos estabelecimentos comerciais e sair rapidamente sem comprometer a fluidez do trânsito.

Passados quase quatro anos muitos motoristas ainda desrespeitam a sinalização existente no local e estacionam em local proibido. A reportagem do Portal GRNEWS recebeu diversas reclamações em relação a esse problema, que se agrava principalmente durante a noite.

Os cidadãos insatisfeitos cobram fiscalização no local. Procurada pela reportagem a Polícia Militar afirmou que as fiscalizações de trânsito em Pará de Minas são constantes.

Levamos as queixas ao conhecimento da 19ª Companhia da Polícia Militar Independente de Pará de Minas. O sargento Paulo Roberto Giardullo Pinto, da Seção de Comunicação Organizacional, disse que combater essas irregularidades é um das prioridades desde que o tenente-coronel Paulo José de Azevedo assumiu o comando da PM em Pará de Minas:


Sargento Paulo Roberto Giardullo Pinto
estacionamentopaulo

O militar ressalta que as fiscalizações são intensas, mas sempre acontecem situações eventuais onde não é possível coibir a prática de estacionamento irregular em todos os pontos da cidade. Por isso a população também pode ajudar por meio de denúncias anônimas:

Sargento Paulo Roberto Giardullo Pinto
estacionamentopaulo1

A 19ª Companhia da Polícia Militar Independente de Pará de Minas conta com uma equipe específica para manter a ordem nas ruas da cidade, que é a Patrulha de Trânsito. Mas de acordo com o sargento Paulo, a denúncia será repassada para o comando geral da Companhia para reforçar ainda mais os trabalhos naquela região da Avenida Presidente Vargas:

Sargento Paulo Roberto Giardullo Pinto
estacionamentopaulo2

A multa para quem estaciona o veículo em local proibido é considerada infração média e o motorista terá de desembolsar R$ 130,16, além de perder quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Já para quem estaciona no meio da pista a falta se torna grave e o valor da multa sobe para R$ 195,23 e os pontos perdidos serão cinco.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!