MDB ainda não definiu a disputa pelo governo de MG e Antônio Júlio é pré-candidato a deputado estadual

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Recentemente o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) aprovou a alteração da sigla. A prática vem sendo adotada pela maioria dos partidos políticos do país e é um efeito da devassa feita pela Operação Lava-jato.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O partido voltou as origens e se tornou novamente o MDB, o qual tinha sido extinto no dia 20 de dezembro de 1979, quando o sistema bipartidário chegou ao fim. Desde então se tornou o PMDB, liderado por Ulysses Guimarães.

A troca de nome e a manutenção dos correligionários não deverá ter um grande efeito nos partidos políticos. Esta é a opinião do vereador Marcílio Magela de Souza (MDB).

Ressalta que o mais importante é o caráter dos membros dos partidos, especialmente as principais lideranças. Os últimos fatos mostram a dificuldade até mesmo de um candidato a presidência da república:

Marcílio Magela de Souza
marciliomagela_mdb1


Acredita que o MDB não deverá apoiar o Partido dos Trabalhadores (PT) na disputa pelo governo mineiro. O nome do ex-prefeito e ex-deputado estadual Antônio Júlio de Faria está praticamente definido para disputar uma cadeira no Legislativo Estadual:

Marcílio Magela de Souza
marciliomagela_mdb2

Marcus Vinícius Rios Faria, presidente do diretório municipal do MDB em Pará de Minas, afirma que é preciso que os líderes promovam mudanças nas ideologias para que as coisas melhorem e transcorram normalmente:

Marcus Vinícius Rios Faria
marcusvinicius_mdb1


Espera que o partido lance uma candidatura própria ao governo de Minas Gerais. O nome mais cotado é do deputado federal Rodrigo Pacheco. Ele também é contra o apoio ao governo petista que é considerado muito ruim:

Marcus Vinícius Rios Faria
marcusvinicius_mdb2

O presidente da Câmara Municipal também confirma a pré-candidatura a deputado estadual de Antônio Júlio de Faria. O nome do político paraminense também foi cotado para disputar uma vaga ao Senado Federal, o que é menos provável:

Marcus Vinícius Rios Faria
marcusvinicius_mdb3

No dia 17 de março o diretório estadual do MDB realizará as prévias para decidir se terá uma candidatura própria ao governo estadual, podendo ou não, confirmar o nome de Rodrigo Pacheco.

Porém, a bancada dos deputados estaduais do MDB na Assembleia Legislativa de Minas Gerais prefere apoiar a candidatura a reeleição do atual governador Fernando Pimentel (PT), lançando como vice na chapa o atual presidente da ALMG, Adalclever Lopes.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!