Eleições 2020: promotor da Comarca de Pará de Minas esclarece principais mudanças e alerta pré-candidatos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Neste ano de 2020 milhões de brasileiros deverão comparecer às urnas para escolher prefeitos e vereadores dos municípios brasileiros. Devido a pandemia do novo coronavírus (COVID-19) está sendo cogitado um possível adiamento da votação. Caso seja necessário, a eleição poderá ocorrer até dezembro, evitando a manutenção dos atuais ocupantes dos cargos a partir de 1º de janeiro de 2021, salvo aqueles que conseguirem a reeleição.

Em Pará de Minas foram cadastrados até o mês de maio 63.697 eleitores. Na cidade, os partidos já discutem nomes para ocupar os cargos públicos até 2024. Alguns já se colocam como pré-candidatos e começaram a aparecer em encontros e também nas redes sociais.

Mas as eleições são complicadas, cheias de regras, determinações, e quem não cumprir terá que se explicar à justiça. Por isso o Portal GRNEWS conversou com o representante da promotoria eleitoral no município que tirou várias dúvidas e deu sua opinião se as eleições realmente acontecerão este ano como previsto.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) designou como promotor eleitoral do pleito, Renato Vasconcelos, que tem experiência vasta como especialista do Direito. Segundo ele, é importante desde o início, deixar claro as regras para os candidatos a algum cargo político e principalmente aos eleitores. Para ele, a principalmente novidade das eleições 2020 é a publicidade das campanhas, que teve muitas mudanças neste ano:

Renato Vasconcelos
renavasceleicoes1


Outra questão que os candidatos e partidos devem ficar atentos é em relação ao financiamento de campanha. É preciso observar a transparência, tendo que declarar de onde veio cada recurso. E deixa claro que o Ministério Público Eleitoral está de olho em todos os gastos de campanha, inclusive com cruzamento de dados que comprovam os valores exorbitantes:

Renato Vasconcelos
renavasceleicoes2

Ainda sobre as proibições, Renato Vasconcelos deixa claro o que continua proibido durante o pleito eleitoral:

Renato Vasconcelos
renavasceleicoes3

A justiça e promotoria eleitoral sempre realizam encontros com pré-candidatos, partidos e a imprensa em geral, com intuito de atualizar informações e tirar todas as dúvidas, evitando assim, problemas durante o pleito. Por causa da pandemia, em Pará de Minas, estas reuniões ainda não foram realizadas:

Renato Vasconcelos
renavasceleicoes4

Mas a principal preocupação de todo brasileiro é se a pandemia do novo coronavírus vai afetar as datas do primeiro e segundo turnos das eleições deste ano. Para o promotor ainda é cedo dizer se a votação ocorrerá em outubro ou somente daqui a dois anos, como já foram iniciadas discussões:

Renato Vasconcelos
renavasceleicoes5

Caso nada seja alterado, o primeiro turno das eleições acontece no dia 4 de outubro e o segundo no dia 25 de outubro.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!