Mais de 11 mil paraminenses entregaram a declaração do IRPF 2017, mas expectativa da RF não foi atingida

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Terminou na última sexta-feira, 28 de abril, o prazo para a entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2017. O procedimento é obrigatório para quem recebeu rendimentos superiores a R$ 28.559,70 no ano passado.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Os contribuintes que cumpriram as exigências da Receita Federal (RF) mais cedo deverão receber a restituição com maior rapidez. O fisco prioriza a ordem de entrega e também existe a preferência para pessoas com idade a partir dos 60 anos, pessoas com deficiências e portadoras de doenças graves.

O primeiro lote de restituições será pago no dia 16 de junho. Aqueles que perderam o prazo de entrega da declaração ficarão com a situação pendente no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) até regularização.

Com isso não poderão contrair empréstimos financeiros, obter certidão negativa para venda ou aluguel de imóvel, tirar passaporte, prestar concurso público e ter problemas para movimentar conta bancária.

De acordo com Jasmita Teixeira Duarte de Melo, chefe da agência da Receita Federal em Pará de Minas, a expectativa em relação ao volume de declarações não foi atingida no município e agora quem não cumpriu com a exigência terá que pagar multa:


Jasmita Teixeira Duarte de Melo
irpfjasmitateixeiraduartedemelo

Em Pará de Minas foram registradas 11.197 declarações do IRPF 2017. Na região que também envolve os municípios de Florestal, Igaratinga, Maravilhas, Onça de Pitangui, Papagaios, Pequi, Pitangui e São José da Varginha, foram recebidas pelo governo federal 17.642 declarações.

Os dados também mostram os números de municípios da região. Em Itaúna foram 18.812; Bom Despacho 20.489; Campo Belo 6.946; Oliveira 8.064 e Divinópolis 51.085.

Quem perdeu o prazo para o envio está sujeito a pagar uma multa que vai de R$ 165,74 a 20% do imposto devido. A penalidade começou a contar a partir do primeiro dia depois do prazo da entrega, ou seja, do último sábado, 29 de abril.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!