Novo superintendente assume o comando da concessionária Águas de Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Após passar por uma grave crise hídrica, Pará de Minas viu sua história mudar quando não renovou contrato com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), realizou uma licitação cuja vencedora foi a Águas do Brasil. Desde abril de 2015 a Águas de Pará de Minas é a responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto na cidade.

Quem gerencia desde o início a equipe composta por cerca de 150 pessoas é Thiago Contage Damaceno que enfrentou grandes desafios. A Copasa não deixou nenhum planejamento ou informações para a nova concessionária e os colaboradores tiveram que se virar para implantar o novo sistema e dar conta do recado, afinal ganhou a licitação e ficará na cidade por 35 anos.

E após muito trabalho, cumpriram a missão. O grupo já chegou à cidade investindo alto. Para resolver de vez a questão da falta d’água foi construída uma adutora de 28 quilômetros ligando o Rio Paraopeba à Estação de Tratamento de Água (ETA) no bairro Nossa Senhora das Graças.

Foram cinco meses de trabalho, cerca de R$ 40 milhões investidos e enfim, em outubro de 2015 a concessionária conseguiu captar água pela adutora e os paraminenses não viveram mais os tristes momentos com torneiras sem água.

Conforme o Portal GRNEWS havia antecipado em 24 de junho, após quatro anos de trabalho, o superintendente da Águas de Pará de Minas Thiago Contage deixa o cargo para enfrentar um novo desafio. Será diretor do Grupo Águas do Brasil, com sede em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Em seus últimos dias na cidade ele aproveitou para agradecer a população que recebeu a empresa com muita expectativa e acredita que correspondeu às necessidades do município:


Thiago Contage Damaceno
thiagocontagedespedida1

Thiago Contage sai de cena, mas assume em seu lugar o administrador de empresas Rodrigo Assad Macool. Ele foi responsável pela implantação do sistema de gestão da Águas de Votorantim e da Águas de Araçoiaba, as duas no interior de São Paulo.

Ele reside em Araçoiaba da Serra, mas já está de mudança com a esposa e os três filhos para Pará de Minas onde já iniciou os trabalhos. Agora está em processo de transição para conhecer melhor o sistema implantado no município. O novo superintendente adianta: pretende continuar o bom trabalho realizado na cidade:


Rodrigo Assad Macool
rodrigoassaddespedida1

A concessionária investiu na adutora para acabar de vez com a crise hídrica no município, mas por causa do rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho, em 25 de janeiro, e a impossibilidade de captar água no Paraopeba, foi necessário um acordo entre o município e a mineradora. Uma nova adutora será construída, desta vez captando água no Rio Pará.

Para o novo superintendente, os paraminenses não precisam se preocupar pois o município está amparado judicialmente:

Rodrigo Assad Macool
rodrigoassaddespedida2

Thiago Contage Damaceno continua em Pará de Minas durante o mês de julho para repassar todo o trabalho ao novo superintendente. Depois ele retorna ao seu estado natal, Rio de Janeiro, para assumir um cargo na diretoria do Grupo Águas do Brasil.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!