COVID-19: Pará de Minas registra 189 casos suspeitos da doença e um confirmado

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Os números atualizados do COVID-19 em Pará de Minas foi divulgados na tarde desta quinta-feira, 2 de abril. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, são 195 notificações ao todo. Exames descartaram cinco casos e 189 permanecem em investigação.

Apenas um caso foi confirmado pela Secretaria até o momento. O homem de 34 anos passa bem e está em isolamento domiciliar. O nome do paciente e nem o bairro onde ele mora foram divulgados para resguardá-lo.

Minas Gerais segue, segundo a Secretaria de Estado de Saúde, com 34.018 casos sendo investigados. Outros 464 foram descartados após exames e 314 estão confirmados no estado.

A expectativa é que os resultados sejam obtidos com mais agilidade a partir de agora. O Governo de Minas ampliou a rede de testes para o novo coronavírus. A Fundação Ezequiel Dias (Funed) é o único laboratório público do estado a fazer os testes e publicou nesta quinta-feira (1º) a habilitação de 19 laboratórios aptos a fazerem o diagnostico da doença.

Com a ampliação, poderão ser processadas diariamente 1.800 amostras, o que facilitará também a tomada de decisões por parte do governo estadual.

Estão autorizados a fazer o diagnóstico agora laboratórios de Viçosa e Rio Paranaíba, pela Universidade Federal de Viçosa (UFV); em Diamantina, pela Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM); em Montes Claros, pela Unimontes; em Ipatinga, pelo Hospital Márcio Cunha, da Fundação São Francisco Xavier; em Sete Lagoas, pelo Laboratório Santa Lúcia; em Lagoa Santa, pelo Loci Genética Laboratorial e em Pedro Leopoldo, pelo Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária (Mapa).

Em Belo Horizonte, além da Funed, os exames também serão realizados pelos laboratórios da Fundação Hemominas, da Fiocruz Minas, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), do São Marcos Saúde e Medicina Diagnóstica e do Simile Instituto de Imunologia Aplicada.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!