Acometido por doença rara, Filho de Maria diz que o Terço dos Homens ajudou na superação de momento difícil

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

thpm250116
A força da oração e a fé em Jesus Cristo e em Nossa Senhora fizeram com que Renato Junio Batista, 39 anos, que há cinco reza o Terço dos Homens em Pará de Minas, ultrapassasse um momento de completo desespero em sua vida.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Vitimado por uma doença rara, eme afirma ter vencido esta, e muitas outras dificuldades com o poder da oração do Terço dos Homens e por isso não falta a nenhum encontro:

Renato Junio Batista
renato_graca1

A agonia dele começou ao sentir sintomas parecidos com aqueles apresentados por quem contraiu Dengue, mas o tratamento para esta doença não apresentava nenhum resultado e as dores aumentavam a cada.

Ele ficou quase 20 dias internado em hospitais de Pará de Minas e de Belo Horizonte, sofrendo muito e sem um diagnóstico indicando qual era a doença que provocava um dor insuportável que se espalhava por todo o corpo:

Renato Junio Batista
renato_graca2

O desespero aumentava à medida que o tempo passava. Tanto que um dia ele ameaçou abandonar o hospital se o médico não receitasse uma droga capaz de diminuir a dor. O medicamento indicado foi Morfina, que também não surtiu resultado. Com isso, ele se entregou porque não aguentava mais tanta dor:

Renato Junio Batista
renato_graca3

Renato Junio Batista disse que essa doença é rara e acomete em uma em cada 100 mil pessoas. Também é muito difícil alguém ser acometido por duas doenças ao mesmo tempo, configurando um quadro de Dermatopolimiosite. Normalmente a pessoa é vítima de Dermatose ou Poliomiusute, e muito raro das duas ao mesmo tempo.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!