Cuidado: chuvas com intervalos de sol forte favorecem a proliferação do mosquito da Dengue

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


No último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) que foi realizado entre os dias 30 de julho e 3 de agosto os agentes de combate a endemias visitaram 1.750 imóveis no município de Pará de Minas.

Os dados apontaram uma infestação de 1,3% do mosquito transmissor da Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus. O Residencial Capanema foi o bairro que registrou o maior índice: 15,7%.

De acordo com o departamento de Vigilância Epidemiológica, de janeiro a agosto deste ano foram registrados 96 casos suspeitos de Dengue, mas apenas quatro foram confirmados.

O índice recomendado pelo Ministério da Saúde é abaixo de 1%. As estatísticas mostram a importância de toda a população continuar apoiando a guerra contra o inseto para evitar uma nova epidemia no município.

Nos últimos dias têm caído chuvas com intervalos de sol forte. Essa condição é propícia para a criação de reservatórios de água parada que podem contribuir com o aumento da população de Aedes aegypti.

Agora é a época mais crítica do ano e os moradores são alertados sobre a necessidade de ajudar no combate. Vale ressaltar que o maior índice de infestação sempre foi registrado dentro dos imóveis.

De acordo com Wander da Silva Rodrigues, diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, o trabalho está sendo intensificado. Um fiscal está autuando e notificando os proprietários das casas que dificultam o combate a Dengue:


Wander da Silva Rodrigues
combateadenguewanderrodrigues1

As residências fechadas continuam sendo o maior desafio das equipes de combate a Dengue. Além disso, os moradores que se recusam a abrir a porta para os agentes também dificultam o serviço:

Wander da Silva Rodrigues
combateadenguewanderrodrigues2

O proprietário da residência que desconfiar de algum agente de combate a Endemias pode ligar para o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) São Francisco de Assis, através do telefone: (37) 3231-7755.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE