Doenças respiratórias aumentam durante o inverno; especialista dá dicas para se prevenir

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A maioria das pessoas gosta do tempo mais frio. Seja para se vestir melhor, comer caldos e comidas quentes típicas desta época. Mas junto com isso chegam também às doenças respiratórias.

Os ambientes fechados, roupas guardadas há muito tempo, tudo isso aumenta a incidência deste tipo de doença. Segundo o DATASUS, órgão do Sistema Único de Saúde (SUS) responsável por coletar e disseminar informações referentes ao setor no país, mais de 50 milhões de pessoas sofrem com gripes e pneumonias nos mais diferentes níveis de gravidade entre maio e agosto.

O frio também muda a rotina de muita gente que deixa de ir à academia e comer de forma saudável, optando por comida mais gordurosa. Isso também diminui a imunidade, propagando as doenças.

O médico especialista em Otorrinolaringologia Jayson Peixoto Machado explica que no inverno aumenta o número de casos e o tempo seco e frio favorecem os quadros que acometem especialmente crianças e idosos:


Jayson Peixoto Machado
jaysonpeixotodoencasresp1

Para evitar doenças típicas da estação Jayson Peixoto dá dicas importantes. Simples, que qualquer um consegue fazer, e evita muitos problemas:

Jayson Peixoto Machado
jaysonpeixotodoencasresp2

Muita gente não sabe, mas a água ajuda a evitar doenças provocadas por vírus, bactérias e os temidos ácaros que causam alergias. Quando mais líquido ingerido, mais umidificados ficarão os mecanismos respiratórios:

Jayson Peixoto Machado
jaysonpeixotodoencasresp3

A atenção deve ser redobrada com a pneumonia. Surge especialmente após uma gripe ou crise de bronquite e asma. A infecção aguda dos pulmões pode levar à morte sendo responsável por altas taxas de internações e mortalidade, especialmente em menores de cinco anos.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!