Policial militar se acidenta em cratera e moradores do Cecília Meireles denunciam descaso da gestão municipal

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Em outubro de 2018 uma enorme cratera surgiu em uma das ruas de acesso ao Residencial Cecília Meireles. À época a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura disse que a responsabilidade pelo conserto era da empreiteira que construiu o condomínio através do Programa Minha Casa Minha Vida.


Depois que a situação se complicou ainda mais o vice-prefeito e secretário municipal de Obras e Infraestrutura José Porfírio de Oliveira Filho (PV) disse que a obra seria realizada pela prefeitura.


A situação no local piorou depois que atos de vandalismo foram constatados. Como a tubulação é feita de material inflamável, vândalos teriam ateado fogo e destruído a rede.


Com as chuvas, o buraco abre cada vez mais colocando em risco a vida dos moradores. O local foi isolado com placas, mas que não resolveu o problema. De acordo com moradores, foram registrados vários acidentes na cratera, inclusive com crianças.


A cratera no Residencial Cecília Meireles ganhou ainda mais notoriedade na noite de domingo, 31 de março, quando uma equipe da 19ª Companhia Independente de Polícia Militar realizava patrulhamento no Residencial Cecília Meireles.


Em dado momento, a roda dianteira da moto do militar André Teixeira, do Grupo Especializado em Prevenção Motorizada Ostensiva Rápida (GEPMOR), André Teixeira, deslizou em uma pedra que estava solta na rua e ele perdeu o controle da motocicleta.

O militar caiu dentro da cratera, foi socorrido até o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) com corte no queixo, fratura na tíbia e deslocamento do ombro, além de várias escoriações.


Nesta segunda-feira, 1º de abril, ainda em um dos leitos do Hospital Nossa Senhora da Conceição, o militar se manifestou por meio das mídias sociais, explicando como ocorreu o acidente e cobrando providências para solucionar aquele problema no Cecília Meireles:

André Teixeira
andreteixeiracecilia

José Nazareno dos Anjos é aposentado e mora no Residencial Cecília Meireles. Ele quebrou também a perna ao cair no buraco e garante que vai acionar a Justiça:


José Nazareno dos Anjos
josenazarenocecilia

A dona de casa Adriana Oscarita Serra também está indignada com a situação que se complica por causa das crianças que moram próximo à cratera. Ela conta que as placas não afastam as crianças e os pais estão sempre atentos para evitar acidentes:


Adriana Oscarita Serra
adrianaoscaritacecilia

Elizete Imaculada de Oliveira também é moradora daquele residencial e denuncia o descaso da atual administração. Hoje os moradores não têm que andar longe para tomar ônibus e nem van escolar circula no Cecília Meireles:


Elizete Imaculada de Oliveira
luzeteoliveiracecilia

O prefeito Elias Diniz (PSD) foi procurado pela reportagem do Portal GRNEWS para que pronunciasse sobre o assunto, mas ele não quis gravar entrevista. Disse apenas que a obra já foi licitada, mas ainda não tem recursos para executá-la e está tentando obter verba em Brasília.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!