Missa e procissão em honra a São José Operário marcam o Dia do Trabalho em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


O dia 1º de maio serve para lembrar o massacre dos trabalhadores em Chicago, Estados Unidos da América, no ano de 1886. Durante uma greve, eles foram massacrados sem piedade pelos poderosos.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Papa Pio XII instituiu a celebração do dia de São José Operário em 1955. O santo é o modelo ideal do operário, pois ele sustentou sua família durante toda a vida com o trabalho de suas próprias mãos e cumpriu sempre seus deveres.

O marido de Maria, mãe de Jesus, também foi um homem exemplar para toda a humanidade e ensinou ao Filho de Deus a profissão de carpinteiro. São José foi escolhido como Padroeiro dos Trabalhadores.

A Igreja Católica quer mostrar que está do lado dos mais fracos e injustiçados pela sociedade. O dia de São José é celebrado junto com o Dia do Trabalho, ou seja, nesta segunda-feira, 1º de maio.

Padre Charley Marcelino da Silva, administrador da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, informa que uma santa missa será celebrada a partir das 19 horas. Todos os fieis são convidados a levar suas carteiras de trabalho para serem abençoadas:


Padre Charley Marcelino da Silva
saojosepadrecharleymarcelino1

O sacerdote acrescenta que em seguida haverá uma procissão que seguirá para a Capela de Nosso Senhor dos Passos com a imagem de São José de Botas, quando será dada a bênção a todos os trabalhadores presentes:

Padre Charley Marcelino da Silva
saojosepadrecharleymarcelino2

A data foi instituída diante de uma multidão de 200 mil operários, reunidos no dia 1º de Maio de 1955, na Praça de São Pedro, no Vaticano, quando o Papa Pio XII decidiu cristianizar o Dia do Trabalho, dando-lhe como santo protetor São José Operário.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!