Novo cemitério será no bairro Nossa Senhora de Fátima; empresa analisará viabilidade e modelo de implantação

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A situação do Cemitério Municipal Santo Antônio fica cada dia mais crítica. Há anos é feito um estudo que analisa a viabilidade de um novo cemitério. Durante sua gestão, o ex-prefeito Antônio Júlio de Faria (MDB) adquiriu um lote no bairro Nossa Senhora de Fátima, próximo à subestação da Cemig, para construir a nova área.

Desde que assumiu, o prefeito Elias Diniz (PSD) avalia a construção e recebe duras críticas dos vereadores, que ouvem a população e os problemas envolvendo o cemitério.

Para minimizar a situação, houve mudanças internas e algumas ruas do cemitério passaram a ser túmulos. Segundo estudos, no próximo ano não caberá mais ninguém no local. No início do ano o prefeito inclusive sugeriu aos paraminenses que passem a sepultar os parentes nos distritos e povoados até que a licitação seja concluída.

O assunto foi muito discutido e criticado na época, especialmente pelos vereadores. Alguns membros do legislativo tem trabalhado nesta questão para saber como anda o processo licitatório e cobrando mais ações por parte da gestão municipal.

A Prefeitura garantiu que vai contratar uma empresa para estudar a viabilidade do novo cemitério e como ele funcionará. Isso tudo até setembro como explica Elias Diniz:

Elias Diniz
eliasdiniznovocemit1

Uma coisa é certa. O novo cemitério deve mesmo ser construído no bairro Nossa Senhora de Fátima. Por um tempo houve um entrave envolvendo questões ambientais, mas segundo a Prefeitura toda a documentação já foi aprovada. Resta agora o estudo e a publicação do edital.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!