Falta de comunicação e veículos sucateados prejudicam paraminenses que precisam de exames em outras cidades

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O município de Pará de Minas é conveniada à Instituição de Cooperação Intermunicipal do Médio Paraopeba (ICISMEP) desde o ano de 2017 . Por meio desta parceria, a Secretaria Municipal de Saúde consegue comprar serviços que não estão disponíveis aqui, como mamografias, procedimentos oftalmológicos e outras especialidades por preços mais em conta.

No dia 22 de fevereiro deste ano, o Departamento de Contratos e Licitações da Prefeitura de Pará de Minas publicou o contrato Nº 031/2019. Nele consta o repasse no valor de R$ 432.192,51 para ser usado no rateio dos recursos financeiros necessários à realização das despesas de custeio e investimento, englobando as despesas de pessoal civil, obrigações patronais, materiais de consumo, materiais permanentes e outros serviços de terceiros – pessoas física e jurídica -, assim como outras despesas de manutenção da estrutura administrativa do ICISMEP. O contrato está em vigência até 31/12/2019.

As mamografias são realizadas no município de Brumadinho e nas duas últimas semanas havia viagens marcadas para a cidade e um micro-ônibus da prefeitura levaria as pacientes.

Na quarta-feira, 13 de março, as usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS) com viagem marcada para o dia seguinte receberam uma ligação de funcionários do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) informando que a viagem foi cancelada porque o ônibus estava quebrado.

Já na segunda-feira (25) a denúncia foi feita ao vereador Carlos Roberto Lázaro (PSC) que se diz indignado com a situação:

Carlos Roberto Lázaro
carlosrobertolazaro_onibus


O secretário municipal de Saúde Paulo Duarte confirmou o problema envolvendo os veículos do setor de transportes do Tratamento Fora de Domicílio (TFD).

Ele se reuniu com os servidores que explicaram a situação. Algumas medidas já serão tomadas a partir de agora e o secretário analisará novas maneiras para evitar que o paciente perca exames ou consultas em outros municípios. Também creditou ao sucateamento da frota de veículos a resposta para a maioria dos problemas que envolvem a Saúde:

Paulo Duarte
pauloduarte_onibus1


Importante destacar que recentemente o deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB) esteve na região para entregar veículos destinados aos municípios de São José da Varginha, Igaratinga e Florestal. Cada prefeitura recebeu uma van que será usada no transporte de usuários que precisam consultar ou fazer exames em outras cidade. Cada veículo custou R$190 mil e a aquisição foi fruto de uma emenda de Eduardo Barbosa. No mesmo dia em que deu esta declaração ao Portal GRNEWS, o deputado que é filho de Pará de Minas disse que nunca foi procurado pelo prefeito Elias Diniz (PSD) para que ele conseguisse recursos para o município. Talvez uma conversa entre o prefeito e o deputado poderia ajudar a resolver parte do problema do sucateamento da frota de veículos da Secretaria Municipal de Saúde de Pará de Minas.

Na mesma reunião da Câmara Municipal realizada na noite de 25 de março, alguns vereadores se mostraram preocupados quanto à perda de exames por parte dos pacientes de Pará de Minas que precisam se deslocar para outras cidades

Marcus Vinícius Rios Faria (MDB) foi um deles. O vereador confirmou que o município comprou um pacote de exames do ICISMEP. Ele tem medo que os de mamografia, exemplo citado por ele, não seja feita porque as pacientes não compareceram por duas semanas seguidas.

De acordo com o secretário Paulo Duarte quando o paciente não vai à consulta ou exame é negociada a reposição. Na maioria das vezes o município consegue remarcar:

Paulo Duarte
pauloduarte_onibus2

Outra medida que será tomada, segundo Paulo Duarte, é colocar um funcionário de plantão caso haja novo problema com veículos. Quando uma ambulância ou micro-ônibus não funcionar horas antes da viagem, um servidor irá até o ponto de encontro dos pacientes para avisá-los. A expectativa é que a falta de comunicação não aconteça mais.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!