Longe dos 95% exigidos, vacinação contra Febre Aftosa em Pará de Minas registra só 52% de cobertura

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Começou no dia 1º e vai até o dia 30 de novembro a 2ª etapa da campanha de vacinação contra a Febre Aftosa. O trabalho é gerenciado pelos escritórios do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). E os números referentes a vacinação na região de Pará de Minas preocupam.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O objetivo é imunizar todos os bovinos e bubalinos da doença e manter o estado de Minas Gerais com o status de zona livre com vacinação. Desta forma os produtores de gado mantêm as exigências das normas internacionais.

A Aftosa é uma das enfermidades mais contagiosas e pode causar importantes perdas econômicas. Trata-se de uma doença viral provocada por vírus da família Picornaviridae, gênero Aphthovirus.

Por isso é importante tomar os devidos cuidados. Os proprietários de animais devem procurar as lojas autorizadas, comprar a vacina, aplicá-la e posteriormente fazer a declaração no site do IMA.

Lucas da Silva Jardim, chefe do escritório do IMA em Pará de Minas, informa que o índice de cobertura vacina até esta segunda-feira, 27 de novembro, é de apenas 52,61% para as duas espécies, longe do índice mínimo ideal exigido de 95%:


Lucas da Silva Jardim
vacinacaolucas1

Os donos dos rebanhos que não comprarem as vacinas e comprovarem a vacinação dentro da etapa da campanha serão penalizados. Além dos prejuízos financeiros, gera muitos transtornos com processo administrativo, julgamento e recursos:

Lucas da Silva Jardim
vacinacaolucas2

Os produtores rurais também devem fazer o recadastramento junto ao escritório do IMA. Para isso é necessário levar a cópia de documentos pessoais e do comprovante de residência.

Os produtores que não imunizarem o rebanho dentro do prazo serão multados em R$ 81,29 por animal não vacinado. Aqueles que comprarem a vacina e não declararem até dia 10 de dezembro estarão sujeito a multa de R$ 15,90 por cabeça não vacinada.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!