Depois do governo de Minas, PMDB cogita Antônio Júlio como candidato ao cargo de senador

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Há um ano das eleições de 2018, os bastidores do meio político estão agitados. As negociações vêm sendo feitas para definir quais serão os próximos candidatos a deputado estadual, federal, senador, governador e presidente da República.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A expectativa é de uma mudança considerável no próximo pleito. Isso seria fruto das investigações da Opera Lava Jato, que acabou abalando a política e a gestão pública de todo o país com várias denúncias de corrupção.

Mas alguns nomes já conhecidos da população deverão voltar a ser lembrados nas candidaturas. Políticos bem experientes que cumpriram ou estão cumprindo mandatos em cargos públicos.

Há alguns dias o vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade (PMDB) concedeu entrevista a rádio Itatiaia e citou o nome do ex-prefeito de Pará de Minas e ex-deputado estadual, Antônio Júlio de Faria, para a disputa como governador nas próximas eleições.

Em entrevista ao Portal GRNEWS o político paraminense disse que ficou muito feliz por ter sido lembrado pelos companheiros de partido. Porém, ele afirmou que o cargo de governador deverá ser disputado por outros peemedebistas.

Um movimento dentro do partido, ligado ao vice-governador Antônio Andrade e ao presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Adalclever Lopes, discute a negociação de uma coligação PMDB/PT em 2018.

Desta vez foi ventilado o nome de Antônio Júlio como candidato ao Senado Federal. Ele teria o apoio do atual presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM) e prefeito de Moema, Julvan Lacerda (PMDB), de acordo com a coluna Aparte do jornal O Tempo.

Outros correligionários também estariam trabalhando o nome do paraminense para o cargo de senador da República e o nome dele serviria para apaziguar o partido em Minas Gerais. A reportagem do Portal GRNEWS voltou a conversar com Antônio Júlio de Faria.

Ele mais uma vez afirmou que está feliz por estar sendo lembrado nas conversas dentro do partido. Tem evitado aparição em eventos públicos para que não haja especulações em torno de sua provável candidatura:

Antônio Júlio de Faria
senadoaj1

Quando exerceu o cargo de deputado estadual e de presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), foi lembrado por ser atuante. Acompanhou várias ações de governos passados e adquiriu uma vasta experiência na gestão pública:

Antônio Júlio de Faria
senadoaj2

Também liderou o movimento municipalista, principalmente durante seu mandato a frente da AMM. Algumas lutas tiveram resultados e os prefeitos mineiros ainda se lembram das conquistas alcançadas:

Antônio Júlio de Faria
senadoaj3

Confirma a intenção dos prefeitos de apoiar uma possível candidatura sua ao cargo de senador. Entretanto, está com os pés no chão porque uma disputa desta envergadura demanda muitos recursos financeiros:

Antônio Júlio de Faria
senadoaj4

As negociações também giram em torno do deputado federal Rodrigo Pacheco seria candidato a reeleição. O vice-governador Antônio Andrade e o atual presidente da ALMG, Adalclever Lopes, disputariam o cargo de deputado federal. O governador Fernando Pimentel (PT) seria candidato à reeleição e teria como vice na chapa o deputado federal Fábio Ramalho.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!