Juíza e promotor eleitoral se reúnem com comandante para definir atuação da PM durante as eleições em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


No domingo, 7 de outubro, o Brasil inteiro vai às urnas para eleger os governantes que cumprirão seus mandatos nos próximos quatro anos, com início em 1º de janeiro de 2019 e término em 31 de dezembro de 2022.

Os eleitores terão que escolher os novos deputados estaduais, federais e distritais, além de governadores, senadores e presidente da República.

Este ano o pleito está muito diferente do que aconteceu em 2014. As denúncias de corrupção apresentadas pela Operação Lava Jato mancharam muito a classe política e mudaram o cenário drasticamente.

As campanhas não estão sendo financiadas por empresas e foi criado um fundo partidário e outro fundo eleitoral com dinheiro público somando quase R$ 3 bilhões. As doações também podem ser feitas por pessoas físicas e o objetivo é coibir o chamado caixa 2.

Enquanto isso a Justiça Eleitoral está preparando tudo para que a votação transcorra dentro da normalidade. As urnas eletrônicas estão sendo programadas e recebendo todas as informações necessárias.

Na quarta-feira, 26 de setembro, foi realizada uma reunião entre a juíza eleitoral da Comarca, Herilene de Oliveira Andrade, promotor de Justiça e o tenente-coronel Paulo José de Azevedo, comandante da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar.

O encontro aconteceu no Quartel da Polícia Militar, localizado às margens da rodovia BR-262. Foi definido todo o roteiro que será seguido no dia da eleição. Os policiais militares atuarão de forma ostensiva para garantir a ordem durante as eleições:

Paulo José de Azevedo
coronel_paulo_azevedo1


Os eleitores devem ficar atentos às proibições legais para o dia da votação e na véspera. Caso alguma infração seja cometida a Polícia Militar atuará para evitar qualquer transtorno:

Paulo José de Azevedo
coronel_paulo_azevedo2

O trabalho da Polícia Militar terá início na madrugada do domingo 7 de outubro, quando as urnas eletrônicas serão acompanhadas até as sessões eleitorais. Todo o planejamento já está pronto e engloba as cidades da circunscrição da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar:

Paulo José de Azevedo
coronel_paulo_azevedo3

Vale lembrar que é proibido vender e consumir bebidas alcoólicas no dia da eleição. Uma dica importante para os eleitores é levar a colinha com os números dos candidatos e evitar transtornos, também garantir rapidez no momento de votar.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE