Caixa abre mais cedo nesta quinta e sexta para saques das cotas do PIS/PASEP

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Muitos beneficiários em todo o país, com menos de 60 anos de idade, ainda podem sacar as cotas do PIS/Pasep. Todos devem comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal (PIS) ou do Banco do Brasil (PASEP).

O prazo vence nesta sexta-feira, 28 de setembro. A Caixa Econômica Federal disponibiliza os recursos em contas para a retirada por parte dos trabalhadores da iniciativa privada.

Têm direito ao saque os profissionais que trabalharam com carteira assinada e estavam cadastrados no Fundo PIS/Pasep entre 1971 e 4 de outubro de 1988. Nestes casos, esses trabalhadores ainda não se aposentaram.

Para obter informações a respeito o trabalhador pode consultar a página da Caixa Econômica Federal na internet ou o aplicativo Caixa Trabalhador, que está disponível para download.

A consulta também podem ser feitas nos caixas eletrônicos por meio do Cartão do Cidadão, ou o internet banking para correntistas do banco, na opção “Serviços ao Cidadão”. Também são permitas consultas pelo 0800-7620207.

De acordo com Eduardo Bráulio de Souza, gerente da Caixa Econômica Federal de Pará de Minas, foi definido que a agência estenderá o horário de atendimento para os saques das cotas do PIS na quinta e sexta-feira.

Todos os trabalhadores que precisarem sacar os recursos poderão procurar o banco a partir das 9h. Vale ressaltar que o prazo para retirada dos valores vai até esta sexta-feira, 28 de setembro:

Eduardo Bráulio de Souza
eduardo_braulio_horarios1


É importante que o beneficiário consulte se existe o dinheiro das cotas disponível para saque antes de ir a agência. Isso evita transtornos e tumultos, fazendo com que somente os cotistas procurem o banco:

Eduardo Bráulio de Souza
eduardo_braulio_horarios2

No caso do PASEP os servidores públicos deverão procurar uma agência do Banco do Brasil ou conferir todas as informações que estão disponíveis AQUI.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE