Conselheira de Saúde espera que gestores superem crise e transformem em algo positivo o HNSC

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Nos últimos meses a população de Pará de Minas e dos municípios da microrregião está apreensiva quanto ao desdobramento de mais um capítulo da crise, que parece ser eterna, no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

De um lado seus diretores argumentam que não tem dinheiro suficiente para pagar os profissionais e garantir o atendimento aos usuários. Também cobraram mais dinheiro do prefeito Antônio Júlio de Faria.

O gestor municipal respondeu que está rigorosamente em dia com hospital quanto aos repasses do Sistema Único de Saúde (SUS) no que tange os serviços contratados. Disse que outros repasses como subvenção e convênios estão condicionados a disponibilidade de dinheiro em caixa. Neste momento a Prefeitura de Pará de Minas não tem e está em situação difícil até para pagar salários.

Os médicos prometeram uma paralisação e a fizeram por 34 horas, oficialmente, desde o início da suspensão dos serviços até o comunicado que a paralisação estava suspensa. Os profissionais reclamaram que fizeram um acordo ruim com a direção do HNSC e ainda para receber em dez parcelas em 2017 pelo trabalho que realizaram em 2016.

A preocupação sobre o futuro do Hospital Nossa Senhora da Conceição também é motivo de discussão entre os integrantes do Conselho Municipal de Saúde de Pará de Minas.

A presidente Mônica Hanke afirma que as crises no hospital são constantes e sem solução. Para ela, a diretoria da entidade busca saída para o problema e resta a esperança que consigam transformar o HNSC em algo positivo pra Pará de Minas e a microrregião:


Mônica Hanke
monicahankehnsc1

Para aliviar um pouco o caixa do Hospital Nossa Senhora da Conceição, o deputado federal Eduardo Barbosa conseguiu junto ao Ministério da Saúde uma verba de R$ 300 mil para procedimentos de média e alta complexidade. De acordo com o parlamentar, a diretoria do HNSC poderá usar este dinheiro para comprar medicamentos ou usar em outros tipos de custeio, como pagar os profissionais.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!