Secretário confirma oficialmente que Pará de Minas está com epidemia de Dengue e fumacê será usado

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

fumace_dengue_epidemia2
A Secretaria Municipal de Saúde continua o trabalho intenso de combate ao mosquito transmissor da Dengue em Pará de Minas. O inseto vem aumentando as estatísticas da doença no município e a situação é gravíssima.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

É alto o número de casos suspeitos de Dengue que chegam as Unidades Básicas de Saúde e ao Pronto Atendimento Municipal José Porfírio de Oliveira. A equipe do Pronto Atendimento Unimed 24 horas também registrou a grave infestação da doença no município.

Os registros comprovam o que mostrou o último LIRAa (Levantamento Rápido de Infestação de Aedes aegypti). O índice foi de 6,9% e o ideal preconizado pelo Ministério da Saúde é de menos de 1%.

De acordo com Cléber de Faria Silva, secretário municipal de Saúde, todas as ações de prevenção e combate ao Aedes aegypti vem sendo tomadas e agora a última investida será a utilização do fumacê.
fumace_dengue_epidemia1

Ele informou que a partir desta terça-feira (23) o carro fumacê será utilizado em regiões onde existem maior número de casos de Dengue. Ele explica que o equipamento foi liberado pelo Governo do Estado de Minas Gerais:

Cléber de Faria Silva
clebfar_fmc1

As notificações foram encaminhadas para a Secretaria de Estado da Saúde e uma equipe foi treinada para usar o fumacê em toda Pará de Minas. Mas, o grande problema continua sendo os reservatórios de água dentro das casas:

Cléber de Faria Silva
clebfar_fmc2

clebfar_fmc
Na última sexta-feira (19) a Fundação Ezequiel Dias (Funed) confirmou oficialmente que Pará de Minas está com epidemia de Dengue. Mas, na próxima semana o governador Fernando Pimentel reunirá todos os prefeitos e também deverá decretar epidemia em Minas Gerais:

Cléber de Faria Silva
clebfar_fmc3

O fumacê pesado será usado para eliminar os mosquitos adultos e por isso é importante que os pará-minenses abram as casas durante a aplicação do inseticida. Caso haja alguma reação alérgica é preciso procurar atendimento médico de imediato.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!