MG confirma 150 mortes por Dengue e Funed continua investigando casos suspeitos em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgou novo boletim epidemiológico das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Em toda Minas Gerais, em 2019, 150 pessoas de 46 municípios morreram por causa da Dengue, enquanto há 482.827 casos prováveis da doença.  Outros 94 óbitos estão em investigação.

Quanto à Febre Chikungunya, são 2.780 notificações e um mineiro morreu após contrair a doença. Em relação à Zika, 756 casos prováveis estão em investigação pela Fundação Ezequiel Dias (Funed).

Informações obtidas pela reportagem do Portal GRNEWS confirma que em Pará de Minas os casos prováveis continuam altos. Foram notificadas neste ano 2.665 suspeições da doença, portanto a SES define a incidência como muito alta.

Quanto à Zika são seis casos prováveis e onze foram notificados para Febre Chikungunya.

A Funed confirmou no início do mês a primeira morte de uma pessoa com Dengue em Pará de Minas neste ano e outro caso continua em investigação.

Após o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) realizado na última semana, que constatou aumento de 0,5 para 1,4%, o município está classificado como médio risco. Ou seja, a Secretaria de Saúde deverá traçar novas estratégias e intensificar as já existentes para combater de vez o mosquito.

Mas nada adianta o Município realizar ações se a própria população não ajudar. Neste período de primavera, quando as chuvas começam a chegar, é o momento de redobrar as atenções. Tirar dez minutos durante a semana e fazer uma limpeza no quintal pode deixar a cidade livre do Aedes aegypti.

Quem quiser informações sobre as ações realizadas e como ajudar, pode ligar na Vigilância no telefone (37) 3231-7755.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!