Profissionais da rede pública de saúde recebem orientações importantes sobre o câncer de mama

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

palestra_saudecmm
Durante o mês de outubro a rede pública de saúde vem chamando a atenção de todas as mulheres do país para a importância da prevenção ao câncer de mama. A doença é a segunda maior causa de morte no Brasil.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O câncer de mama é uma doença resultante da multiplicação de células anormais da mama, que forma um tumor. Há vários tipos e alguns se desenvolvem rapidamente, outros não.

O câncer de mama responde a 25% dos casos novos a cada ano. Por isso surgiu à iniciativa do Outubro Rosa, uma campanha de conscientização sobre a importância do autoexame, da mamografia e do ultrassom.

Na manhã desta quinta-feira (20) profissionais de saúde que trabalham na rede pública de Pará de Minas assistiram a uma palestra sobre as causas, a prevenção e os mitos relacionados a doença.

Cristiane Maria Ferreira, técnica em Enfermagem do Centro de Atenção à Saúde da Mulher e da Criança (Casmuc), fez uma avaliação muito positiva do evento. Uma oportunidade de aprender e tirar algumas dúvidas importantes:
cristmar_psrt

Cristiane Maria Ferreira
cristmar_psrt

Leidiane Ribeiro da Silva participou com o testemunho de vida. Ela conta que ao receber o diagnóstico de câncer de mama a pessoa fica em estado de choque e precisa reunir forças e ter fé para se submeter ao tratamento e vencer a doença:
leidrib_psrt

Leidiane Ribeiro da Silva
leidrib_psrt

A palestrante foi à médica especialista em Ginecologia Caroline Santos Mendonça. Ela explicou que fatores como a obesidade e a falta de atividade física aumentam as chances de a mulher desenvolver a doença. Além disso, existem outros fatores como a gravidez após os 30 anos e a não amamentação dos filhos.

A correria da vida moderna, o estresse e a falta de uma alimentação rica em verduras, legumes e frutas, também podem desencadear o crescimento desordenado das células do organismo:
carolsts_psrt

Caroline Santos Mendonça
carolsts_psrt

A doença pode atingir qualquer mulher e geralmente não há apenas uma causa específica. Existe tratamento e o Ministério da Saúde oferece atendimento por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!