Águas de Pará de Minas comemora primeiro ano com bons resultados e muita água nas torneiras

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

aguasdeparademinas_sede
Neste domingo, dia 17 de abril de 2016, a Concessionária Águas de Pará de Minas comemora o primeiro aniversário de uma data marcante na história do município de Pará de Minas. Ironicamente, pode se dizer que foi um grande divisor de águas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

No ano passado a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) deixou de realizar os serviços de abastecimento de água e tratamento de esgoto. A estatal atuou no município por mais de 35 anos.

O prefeito Antônio Júlio de Faria não renovou com a empresa. A negociação vinha se arrastando desde a gestão do ex-prefeito Zezé Porfírio. O contrato por pouco não foi assinado pelo chefe do Poder Executivo Municipal.

Antônio Júlio de Faria optou pela abertura do processo licitatório e enfrentou uma avalanche de ações judiciais por parte de empresas participantes e da Copasa. Mas, ao final o resultado final do procedimento foi homologado.

O Grupo Águas do Brasil, com sede no estado do Rio de Janeiro, venceu a licitação, assinou o contrato de 35 anos e assumiu os serviços. A empresa conseguiu sua primeira concessão em Minas Gerais.

Foi então criada a Concessionária Águas de Pará de Minas, que já iniciou os trabalhos enfrentando uma das piores crises hídricas da história. O racionamento de água teve que ser implantado, bem como algumas medidas emergenciais com postos artesianos e caminhões pipa.

Enquanto isso começou a obra de construção de uma rede adutora de 28 quilômetros. O percurso da tubulação vai desde a Estação de Tratamento de Água (ETA), no Bairro Nossa Senhora das Graças, até o Rio Paraopeba, na região do Distrito de Córrego do Barro.

Em outubro de 2015 a concessionária conseguiu captar água através da adutora e colocou um fim no sofrimento da população pará-minense. A chegada da água do Rio Paraopeba foi motivo de muitas comemorações.

Durante a construção da rede adutora trabalharam duzentos colaboradores. Atualmente a Águas de Pará de Minas mantém um quadro de funcionários de cerca de 120 pessoas, a grande maioria é da cidade.

Thiago Contage Damaceno, superintendente da Concessionária Águas de Pará de Minas, fez uma avaliação positiva do primeiro ano de atuação. Segundo ele, os desafios foram superados e os objetivos vêm sendo alcançados gradativamente:

Thiago Contage Damaceno
thgcont_anv1

thgcont_anv
Sobre a construção de reservatórios de água tratada, ele explica que esses recursos estão previstos no contrato assinado com o município. Outra medida será a preservação das captações no Ribeirão Paciência e Córrego dos Paivas:

Thiago Contage Damaceno
thgcont_anv2

Thiago Contage Damaceno revela que apenas um ano de funcionamento a Concessionária Águas de Pará de Minas já investiu mais de R$ 50 milhões na cidade. A maior parte destes recursos foi para a obra da rede adutora:

Thiago Contage Damaceno
thgcont_anv3

Atualmente o Ribeirão Paciência e o Córrego dos Paivas estão abastecendo Pará de Minas. Enquanto isso a concessionária está terminando a instalação das últimas bombas de sucção na adutora, o que garantirá uma captação de 220 litros por segundo no Rio Paraopeba. A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos no próximo mês.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!