Adiada licitação para leiloar bens do Depósito da Cachoeira. Empresas apresentam documentação errada

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

desposito_cachoeira1
Os envelopes referentes ao processo licitatório que definirá qual empresa realizará o leilão de bens servíveis e inservíveis no Depósito da Cachoeira foram abertos nesta quinta-feira (16) pela Comissão de Licitação da Prefeitura de Pará de Minas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O Depósito da Cachoeira fica próximo a sede da Polícia Rodoviária Estadual, às margens da MG-431. O espaço é utilizado para armazenar móveis, veículos e utensílios que não são mais úteis para a Prefeitura de Pará de Minas.

Mas, por questões burocráticas e jurídicas o município precisa promover um leilão e vender tudo. Os recursos angariados são destinados aos cofres públicos e também cobrem os custos do leilão.

Hoje, durante a licitação, as empresas interessadas apresentaram as respectivas propostas. Porém, a comissão responsável pelo processo constatou que os documentos estavam errados e foi concedido um prazo de 8 dias para que as empresas interessadas regularizarem a documentação.

silesio_mendonca160616
O ex-prefeito e vereador Silésio Mendonça ficou muito satisfeito com a possibilidade de realização do leilão no Depósito da Cachoeira, que poderá ser esvaziado em breve. O pedido já havia sido feito por ele através de requerimento aprovado na Câmara Municipal:

Silésio Mendonça
ldcsilesiomendonca1

Ele lembra que cobrou providências ao prefeito sobre o acúmulo de material que estaria servindo de criadouro de animais peçonhentos e do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue:

Silésio Mendonça
ldcsilesiomendonca2

Após a definição da empresa que será a responsável pela realização do leilão, serão definidos todos os preparativos para a venda de todos os bens que estarão à disposição dos compradores interessados.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!