Terça-feira atípica de Carnaval nas ruas de Pará de Minas com lojas abertas e pouco movimento

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Em anos anteriores, a rua Benedito Valadares estaria bem vazia. Os paraminenses estariam, parte em bloquinhos na capital mineira ou Divinópolis, subindo as ladeiras de Ouro Preto, se bronzeando nas praias, se divertindo em sítios, ou simplesmente em casa, curtindo o fim de semana prolongado.

Mas o fato é que a pandemia do novo coronavírus mudou tudo. Se antes as lojas estariam fechadas, nesta terça-feira 16 de fevereiro, o que se viu foram portas abertas, a exceção dos bancos, o que também gerou insatisfação da população.

Nas lotéricas filas de quem tem que manter as contas em dia mesmo em meio a pandemia. Nas lojas movimento bem fraco, mas seguindo as recomendações, a maioria abriu as portas e funcionou até por volta das 18 horas.

Taciana Gomes da Silva é faxineira, folgou ontem mas hoje teve que ir trabalhar. De qualquer forma ela ficaria em casa, mas vê a necessidade de não aglomerar para diminuir a quantidade de casos de COVID-19:


Taciana Gomes da Silva

tacianagomescarnavalterca1

O autônomo Pedro Henrique Caetano Soares também sabe da importância de ficar em casa para evitar a propagação do novo coronavírus, mas nas redes sociais constatou que muita gente está se aglomerando:


Pedro Henrique Caetano Soares

pedrohcarnavalterca1

A expectativa é que as restrições impostas durante este período de Carnaval ajudem a diminuir os casos de COVID-19, que infelizmente tem aumentado consideravelmente. Nos últimos dias a média é de 10 casos em Pará de Minas. Somente nas últimas 24 horas, foram 115 casos suspeitos, 10 confirmados e uma morte, como mostrou o Portal GRNEWS.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!