Aulas remotas demandam disciplina de alunos e professores; tecnologia é grande aliada da educação

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Desde março os estudantes mineiros não pisam nas escolas. As aulas acontecem remotamente por meio de grupos em aplicativos de mensagens ou online, onde atividades são enviadas para os alunos e através de reuniões pela internet eles aprendem e podem tirar dúvidas.

Na rede pública de ensino, secretarias municipais e estaduais de educação elaboraram apostilas para os estudantes que contam principalmente com a família para ajudar nos estudos, conforme publicado pelo Portal GRNEWS. Além dos professores que estão se dedicando diariamente, pois tudo isso também é novo pra eles.

Já muitas escolas da rede particular conseguiram adquirir softwares e programas mais modernos, que conseguem atender a demanda de professores e estudantes, e assim tornar o estudo mais completo.

Ana Laura Faria Galdino está no terceiro ano do ensino médio da escola Sesi/Senai. Ano decisivo para a estudante que escolherá em breve a profissão que vai seguir. No começo das aulas remotas a dificuldade foi nítida, pois tudo ainda é muito novo e como ela mesma diz, em casa há muitas distrações. Mas com dedicação, os dias têm sido mais tranquilos:

Ana Laura Faria Galdino
analauraaulasrem1

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é a principal preocupação dos estudantes do terceiro ano. Na turma da Ana Laura Faria os professores têm apoiado e esclarecido todas as dúvidas, o que facilita pra eles:

Arquivo pessoal

Ana Laura Faria Galdino
analauraaulasrem2

O professor de Geografia Alisson Damasceno destaca que o início foi difícil pra todos, mas a tecnologia se tornou uma aliada na educação. A união de profissionais e estudantes é fundamental para que tudo dê certo no final. Ele, que também é advogado, acredita ainda que após a pandemia, um novo normal surgirá com mais utilização de tecnologias:

Alisson Damasceno
alissondamascaulasrem1

Alisson Damasceno lembra ainda que durante a pandemia e aulas sendo ministradas remotamente e cada escola ficou responsável por decidir como o conteúdo seria apresentado aos estudantes:

Arquivo pessoal

Alisson Damasceno
alissondamascaulasrem2

Vanessa Faria é professora de Português e Literatura, tendo seu trabalho essencial para os estudantes do terceiro ano que pretendem fazer vestibular ou o ENEM.

Além da escola Sesi/Senai, ela também leciona na Faculdade de Pará de Minas (Fapam) e a rotina tem sido corrida. Se antes todo o conteúdo era ministrado dentro da sala de aula podendo fazer adaptações a qualquer instante, agora o trabalho é em casa pela internet.

A adaptação foi difícil, mas com o tempo tudo está se normalizando, inclusive as aulas acontecem no mesmo horário da grade presencial:

Vanessa Faria
vanessafaraulasrem1

Arquivo pessoal

Após a adaptação, vários pontos positivos relacionados ao ensino a distância são destacados pela professora:

Vanessa Faria
vanessafaraulasrem2

Minas Gerais ainda não tem data prevista para retorno do funcionamento das escolas, tanto municipais, quanto estaduais e privadas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!