PROERD formou 13 mil alunos em 13 anos de atuação no combate às drogas em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Desde o ano de 2004 vem sendo ministrado em Pará de Minas o Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD). O trabalho é um esforço conjunto entre a Polícia Militar, a escola e a família.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O treinamento já formou aproximadamente 13 mil alunos das redes pública e particular de ensino. Cerca de mil crianças da Educação Infantil e do 5º ano do Ensino Fundamental serão formadas no primeiro semestre deste ano.

Durante as aulas, os policiais militares que atuam como instrutores, mostram para crianças e adolescentes as técnicas corretas para evitar cair no mundo das drogas por meio do aliciamento de traficantes e usuários.

O programa educativo também contempla o fortalecimento de vínculos dos alunos com professores, diretores e pais. Esse relacionamento achegado é uma forma de proteção de todos os jovens, especialmente em idade escolar.

Outra iniciativa é apresentar os policiais militares como amigos verdadeiros que sempre trabalham em prol da proteção e da segurança pública. Todas as informações são repassadas levando em conta a idade das crianças.

Cabo Omar Assis, instrutor do PROERD na 19ª Companhia da Polícia Militar Independente de Pará de Minas, esteve na Câmara Municipal para mostrar os bons resultados do trabalho aos vereadores.

Ele ressalta o apoio recebido do comando da Polícia Militar na região e informa que o programa está sendo ministrado também em cidades próximas a Pará de Minas, entre elas São José da Varginha:


Cabo Omar Assis
proerdnacamaracaboassis1

Sobre o PROERD Para Pais, o militar explicou que o curso precisa de um instrutor habilitado. Nesse caso ainda não há um policial com essa formação e isso está sendo revisto para que mais esta modalidade seja implantada:

Cabo Omar Assis
proerdnacamaracaboassis2

Com o avanço da tecnologia e consequentemente das redes sociais, os pais devem ficar atentos as amizades desenvolvidas pelos filhos. É cada vez maior o número de jovens vítimas de bandidos que usam a internet para agir.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!