Licitação frustrada: nenhuma empresa apresenta proposta para duplicar avenida do bairro Padre Libério

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Enquanto José Porfírio de Oliveira Filho (PV) era prefeito de Pará de Minas teve início a obra de duplicação da avenida João Paulo II, no bairro Padre Libério. Como três novos conjuntos habitacionais foram construídos naquela região, cerca de 1.200 famílias se mudaram pra lá e desde então aumentou consideravelmente o fluxo de pessoas e veículos que passam diariamente pela via. O atual vice-prefeito encerrou seu mandato em 2012 e já está próximo de encerrar este mandato e até hoje a obra não foi concluída.

Isso porque a obra teve que ser paralisada. O sucesso de José Porfírio de Oliveira Filho, o ex-prefeito Antônio Júlio de Faria (MDB) também não conseguiu realizar a duplicação e quando Elias Diniz (PSD) se tornou o gestor municipal a partir de janeiro de 2017 foram realizadas várias tentativas para que a construção fosse retomada. Inclusive com verbas federais.

Em dezembro de 2018 foi aberta a licitação para contratar a empresa que ficaria responsável pela obra, que custaria na época R$ 294.245,06. Mas nenhuma empresa participou do processo licitatório.

Novamente, ao custo de R$ 330.503,90, uma licitação foi aberta em setembro de 2019. A expectativa era duplicar e pavimentar a via, realizando também o serviço de jardinagem e sinalização da avenida, com área de 955,40 m². Pela segunda vez a licitação foi deserta, com nenhuma empresa interessada na obra.

No final de junho de 2020 novo processo licitatório foi publicado. Desta vez ao custo de R$ 422.523,56. Do valor total, R$ 330.503,90 seria custeado através de repasse do Ministério do Desenvolvimento Regional e o restante, R$ 92.019,66, como contrapartida do Município.

A nova licitação encheu novamente de esperança os moradores da região que reclamam há anos dos perigos da via, especialmente pela falta de sinalização horizontal e vertical. Além da falta de quebra-molas ou redutores de velocidade, já que a maioria dos motoristas que passam por ali trafegam acima do limite permitido.

Na quinta-feira, 9 de julho, a Comissão Permanente de Licitação se reuniu novamente para avaliar as propostas, e conforme apurado pelo Portal GRNEWS, novamente, nenhuma empresa se interessou pela construção da duplicação da Avenida João Paulo II. Foi verificado junto à Diretoria de Apoio Operacional, o setor de protocolo da prefeitura, e nenhuma proposta foi protocolada.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!