Garotas iniciam relação sexual cada vez mais cedo em Pará de Minas, não se previnem e gravidez precoce preocupa

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A cada mil meninas que tem entre 15 e 19 anos, 46 ficam grávidas no mundo. Já no Brasil a taxa é de 68,4 grávidas a cada mil adolescentes. O número é preocupante e alarmante segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

No município de Pará de Minas, os dados da Secretaria Municipal de Saúde revelam que ao longo do ano de 2018, 56 adolescentes com idades entre 10 e 19 anos engravidaram.

Na avaliação da enfermeira e coordenadora do Centro de Atenção à Saúde da Mulher e da Criança (Casmuc), Juliana dos Santos Machado, os números de gravidez na adolescência em Pará de Minas são preocupantes.

A enfermeira credita este crescimento nos números à imaturidade destas jovens que acreditam que a gravidez na adolescência ou contrair algum tipo de doença sexualmente transmissível (DST) nunca acontecerá com elas:


Juliana dos Santos Machado
julianagravidez1

Nos casos de gravidez na adolescência vários fatores preocupam, como questões sociais que envolvem a interrupção da vida escolar; precisar de outra pessoa para ajudar na criação do filho; a vulnerabilidade da jovem mãe e do bebê.

Outros fatores de risco também devem ser observados como a adolescente ainda não tem o corpo completamente formado, por isso existem vários riscos à saúde como pré-eclâmpsia, aborto espontâneo, quadros de má nutrição, parto prematuro e má formação do feto.

Juliana Machado afirma que as meninas paraminenses estão começando cada vez mais cedo a ter relação sexual. Porém, muitas delas não têm as orientações necessárias para prevenir a gravidez precoce:

Juliana dos Santos Machado
julianagravidez2

As adolescentes começam a vida sexual e por medo ou vergonha não conversam com pessoas mais velhas e propícias a conselhos. Por isso a quantidade de jovens grávidas ou com alguma doença transmissível.

Mesmo com receio estas adolescentes devem procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e conversar com uma enfermeira ou médica pra tirar todas as dúvidas. E usar o preservativo ainda é a melhor opção:

Juliana dos Santos Machado
julianagravidez3

A Secretaria Municipal de Saúde de Pará de Minas registrou no ano passado 1.177 mulheres grávidas no município, incluindo todas as faixas-etárias.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!